0

Corinthians vence o Oeste, carimba vaga e ajuda o São Paulo

Equipe alvinegra venceu por 1 a 0 com gol de Danilo Avelar

17 mar 2019
18h06
atualizado às 18h14
  • separator
  • comentários

O Corinthians fez a sua lição de casa na tarde deste domingo, na Arena, e ainda ajudou o rival São Paulo. Com uma vitória segura por 1 a 0 sobre o Oeste, gol de Danilo Avelar, que poderia ter um placar maior não fosse as várias chances desperdiçadas, o Alvinegro assegurou sua classificação às quartas de final do Campeonato Paulista, não podendo mais ser alcançado por Mirassol e Bragantino no Grupo C. Os rubro-negros, por sua vez, estacionam na tabela e perdem a chance de ultrapassar o Tricolor.

O resultado assegura a classificação do clube do Parque São Jorge para as quartas de final, fase na qual terá pela frente a Ferroviária. Resta definir, porém, o mando de campo de cada um dos jogos, já que o Timão tem um ponto a mais que o adversário (18 a 17) e pode ser ultrapassado. O líder tem a vantagem de definir o mata-mata em casa. O Oeste, com 12, está dois pontos atrás do São Paulo no Grupo D, também vivo na disputa pela classificação.

Danilo Avelar marcou o gol da vitória do Corinthians
Danilo Avelar marcou o gol da vitória do Corinthians
Foto: Marivaldo Oliveira / Código19 / Estadão

Na próxima rodada, a última da competição, os comandados de Fábio Carille terão pela frente mais um adversário da chave do Tricolor. Trata-se do Ituano, em duelo marcado para as 21h30 (de Brasília) da quarta-feira, no estádio Novelli Júnior, em Itu. Renan Freitas e o elenco de Barueri, por outro lado, fecham sua participação na fase de grupos contra o Mirassol, na Arena Barueri, no mesmo dia e horário.

Corinthians domina, mas erra o alvo

O primeiro tempo da partida em Itaquera mostrou um Corinthians bastante afim de jogo, postado com Vagner Love mais pelo lado esquerdo, da mesma forma que ele atuou contra o Racing, na Argentina. O primeiro lance de perigo saiu em cruzamento de Avelar, que Boselli, em boa movimentação, testou para fora. Pouco depois, em uma rara chegada, o Oeste botou a defesa corintiana para trabalhar em testada de Lídio, também para fora.

Contando com a boa movimentação dos seus atacantes, o Timão chegou com perigo várias vezes antes dos 20 minutos. Nas duas principais, Boselli ganhou disputa na primeira trave depois de cruzamento de Michel e chutou cruzado, parando em defesa de Matheus. Na sequência, em outra bola cruzada pela direita, Pedrinho ficou com a sobra quase na pequena área e chutou forte, mandando para fora.

O Alvinegro manteve o ritmo forte, ainda que reclamasse dos critérios do árbtiro Lucas Canetto Bellote, sempre deixando o jogo seguir nas fortes divididas ocorridas. Boselli seguiu como o corintiano mais participativo, tentando até de bicicleta em uma ocasião, mas parando outra vez em Matheus ao chutar cruzado uma bola da direita.

O jogo já seguia para o intervalo quando o argentino teve a sua melhor oportunidade. O Alvinegro desceu rapidamente pela esquerda, Vagner Love ganhou de Cicinho na corrida e cruzou rasteiro na pequena área. Boselli se antecipou à marcação e tentou de esquerda, mas acabou "furando", sem alterar o placar.

Corinthians perde muitas chances, mas faz uma

O Corinthians manteve o ritmo e a intensidade para o segundo tempo, contando com a boa participação do trio ofensivo formado por Pedrinho, Love e Boselli. O argentino novamente teve boa movimentação e abriu espaços para os companheiros, mas faltava ao Timão um trabalho mais rápido no toque de bola. Foi aí que Fábio Carille acionou Jadson para a vaga de Ralf, trazendo Júnior Urso para a frente da zaga.

A entrada do armador provou-se um acerto em pouco tempo, com ele participando bastante das movimentações ofensivas e o Timão não saindo do campo de ataque. Em lance protagonizado pelo camisa 10, a bola foi cruzada por ele na segunda trave e Avelar desviou para o meio. Pedrinho recuperou na segunda trave e fez novo levantamento para Avelar, que cabeceou no contrapé e viu Alyson colocar a mão na bola, já dentro do gol.

O placar aberto fez justiça ao melhor futebol dos donos da casa, mas não foi a senha para o clube do Parque São Jorge diminuir o ritmo. As chances continuaram saindo em profusão, com Matheus defendendo desvios de Love e Boselli em dois escanteios consecutivos. Pouco depois, o argentino recebeu lindo passe de Jadson e finalizou cruzado, exigindo outra boa intervenção do arqueiro. Na sequência, Jadson recebeu de Love, bateu de primeira e mandou na trave.

Como a vantagem não aumentou, o Timão seguiu correndo certo risco. Cássio chegou a soltar chute de longe de Betinho, mas abafou bem a chegada de Bruno Lopes. Carille mandou a campo Clayson e Richard, dando sangue novo ao time, o bastante para manter o placar em superioridade para os donos da casa.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 X 0 OESTE

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)

Data: 17 de março de 2019, domingo

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Lucas Canetto Bellote

Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Gustavo Rodrigues de Oliveira

Público: 38.340 pagantes

Renda: R$ 1.304.139,00

Cartões amarelos: Boselli, Júnior Urso (Corinthians); Lídio, Betinho, Alyson, Bruno Lopes (Oeste)

Gols:

CORINTHIANS: Danilo Avelar, aos 16 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Cássio; Michel Macedo, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf (Jadson), Urso e Sornoza (Richard); Pedrinho, Boselli e Vagner Love (Clayson)

Técnico: Fábio Carille

OESTE: Matheus Cavichioli; Cicinho, Kanu, Lídio e Alyson; Matheus Jesus, Betinho (Conrado) e Elvis (Fabio); Roberto, Bruno Lopes (Pedrinho) e Mazinho

Técnico: Renan Freitas

Veja também:

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade