0

Retrospectiva

Mazzeo e Eurico trocam farpas por Sala Chico Anysio no Vasco

Isac Luz - Rede Globo / Divulgação
11 dez 2014
15h53
atualizado em 16/12/2014 às 10h31
  • separator
  • comentários

O comediante Bruno Mazzeo, por meio da sua conta no Twitter, ironizou o presidente do Vasco, Eurico Miranda, por ter supostamente retirado o nome de Chico Anysio, pai do humorista, de uma sala que o homenageava dentro de São Januário.

O ator apoiou publicamente a candidatura de Juilo Brant, que era opositor de Eurico nas eleições vascaínas. Segundo o jornal Extra, do Rio de Janeiro, a decisão de retirar o nome de Anysio da sala teria sido uma represália do presidente ao filho do homenageado.

No tweet, Mazzeo acusou o mandatário do Vasco de salazarista, em referência ao governo ditatorial de Antonio Salazar, primeiro ministro de Portugal na primeira metade de século XX.

Por meio de uma nota oficial, o Vasco se retratou afirmando que a sala de beneméritos foi uma homenagem à um outro vascaíno ilustre - Carlos Alberto Martins Cavalheiro - e que a sala que levava o nome do humorista foi instalada onde já havia a homenagem anterior. Segundo o clube, a sala multímidia Chico será "rapidamente restabelecida, com toda a dignidade que ele merece, após as diversas obras que São Januário precisa e estão sendo iniciadas".

Veja abaixo a nota oficial do Clube de Regatas Vasco da Grama:

O Vasco foi surpreendido com uma falsa informação sobre a troca de nome de uma sala do clube por uma possível retaliação eleitoral. A mesma jornalista que deu a nota fez questão de repercutir a sua inverdade. Por isso a necessidade do esclarecimento:

1 - A Sala de Beneméritos Carlos Alberto Martins Cavalheiro foi construída na outra administração Eurico Miranda e o nome foi dado em homenagem a um vascaíno de inúmeros serviços prestados ao nosso clube. Carlos Alberto Cavalheiro foi goleiro titular campeão do Vasco em 1956, de forma amadora porque já pertencia aos quadros da Aeronáutica, onde chegou a Brigadeiro. Ele foi também Diretor de Futebol, Vice-Presidente de Futebol e Presidente do Conselho de Beneméritos do Vasco.

2 - A homenagem foi votada no Conselho e está registrada em ata e houve a inauguração da sala.

3 - Na administração Roberto Dinamite houve a idéia de homenagear Chico Anysio, o que é louvável pela grande figura que ele representa. O único erro foi colocar a denominada " Sala Multimídia" num local onde já existia a Sala dos Beneméritos.

4 - A Sala Chico Anysio será rapidamente restabelecida, com toda a dignidade que ele merece, após as diversas obras que São Januário precisa e estão sendo iniciadas.

5 - A grandeza do Vasco não permite que uma homenagem seja objeto de retaliação devido a uma disputa eleitoral. Isto não existe. O Vasco hoje olha para a frente, já que os desafios para a sua recuperação são enormes.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade