0

Governo do Rio anuncia retomada do controle do Maracanã

18 mar 2019
11h23
atualizado às 11h38
  • separator
  • 0
  • comentários

Na manhã desta segunda-feira, o Governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, convocou uma entrevista coletiva para anunciar o rompimento do contrato atual de concessão do Estádio do Maracanã. Isso significa que, daqui 30 dias, o poder público reassumirá o controle do complexo.

"Estamos retomando o Maracanã, sem qualquer prejuízo das partidas de futebol ou aos clubes. Vamos nos próximos 30 dias ter uma intervenção no Maracanã, por meio da secretaria e da Suderj, com uma comissão que estou constituindo, para fazer uma retomada. Estaremos modulando uma permissão de uso até que façamos então uma nova concessão por meio de parceria público privada", disse Witzel.

Governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel
Governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel
Foto: Adriano Ishibashi / Framephoto / Estadão Conteúdo

Para justificar o cancelamento da concessão, o governador citou o clássico entre Fluminense e Vasco, quando os torcedores só puderam entrar no estádio aos 30 minutos do primeiro tempo por conta de um imbróglio envolvendo os setores do Maracanã

"Se a concessionária mantinha contrato com os clubes, esses contratos não tem efeito em relação ao estádio. Vou conversar com os clubes para que não aconteça o que houve no Fluminense x Vasco. Ficamos esperando a Justiça decidir com 30 mil querendo entrar, e a polícia no meio dessa história", afirmou.

Por fim, Witzel explicou ainda que a medida não afetará os jogos da Copa América, que serão realizados normalmente no Maracanã.

"Sem o maior problema. Já conversei com o presidente da Conmebol, mantenho contato, nada disso vai sofrer prejuízo. Estamos recuperando o estado do Rio. Estamos pagando salários em dia", completou.

Veja também

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade