PUBLICIDADE

México vira, elimina a Rússia e garante vaga na semifinal

24 jun 2017 14h03
| atualizado às 14h19
ver comentários
Publicidade

O México levou um susto, mas venceu a Rússia e confirmou sua vaga nas semifinais da Copa das Confederações. Em Kazan, neste sábado, o time de Juan Carlos Osorio fez 2 a 1 nos anfitriões, eliminando a equipe da casa. Samedov fez o primeiro, mas Araujo e Lozano viraram o placar.

Com o resultado, o time da América do Norte chegou a sete pontos no grupo A, confirmando a vaga. Porém, como Portugal fez 4 a 0 na Nova Zelândia, a equipe caiu para segundo lugar da chave, por conta do saldo de gols. Os anfitriões, por sua vez, pararam nos três, se despedindo da competição.

Agora, o México espera a definição do grupo B para saber quem encara na semifinal. O que os comandados de Osorio sabem é que a partida será na próxima quinta-feira, em Sochi. Aos russos resta seguir a preparação por mais um ano, até o início da Copa do Mundo, em junho de 2018.

Hirving Lozano comemora seu gol cotra a seleção da Rússia
Hirving Lozano comemora seu gol cotra a seleção da Rússia
Foto: Reuters

O jogo

Precisando vencer para seguir na competição, a Rússia tomou a iniciativa e pressionou no começo do jogo. Aos 5, Zhirkov invadiu a área, caiu e pediu pênalti, não marcado. Sete minutos depois, o mesmo atleta arriscou e a bola passou perto.

Aos 24, veio o gol dos anfitriões. A jogada começou com bola na trave acertada por Smolov. No rebote, a Rússia construiu nova jogada até Samedov arrematar firme para superar Ochoa e abrir o placar, para festa da torcida.

Porém, a alegria durou pouco. O México não sentiu o gol do adversário e, após cinco minutos, buscou a igualdade. Em lançamento para a área, de Herrera, Araujo subiu mais e desviou. A bola subiu e caiu rapidamente, encobrindo o goleiro do time da casa: 1 a 1.

Aos 32, nova oportunidade para os comandados de Stanislav Cherchesov. Erokhin saiu na cara de Ochoa, mas errou na finalização, isolando. Esta foi a última grande chance da primeira etapa, que terminou empatada.

O gol da virada mexicana veio logo de cara no segundo tempo. Aos 6, Lozano se antecipou ao goleiro Akinfeev e tocou por cima do arqueiro, virando o duelo e deixando o time de Osorio perto da classificação.

A Rússia, então, não teve escolha. Precisando virar a partida, o time da casa chegou aos 13, mas chute de Erokhin passou perto da trave. Dois minutos depois, os anfitriões ainda levaram um susto, quando Hector Moreno marcou o terceiro do México. Porém, após consulta ao árbitro de vídeo, impedimento foi marcado, anulando o tento.

Para complicar ainda mais a situação, Zhirkov acertou cotovelada em Layún, aos 22 minutos, levando o vermelho direto. Mesmo assim, os europeus se mantiveram em cima. Aos 27, Smolnikov perdeu chance clara, na pequena área.

O time de Cherchesov até se manteve no ataque, buscando os gols, mas sem sucesso. Assim, os mexicanos conseguiram administrar a vantagem, saíram com o triunfo e confirmaram a classificação à semifinal da Copa das Confederações.

FICHA TÉCNICA

MÉXICO 2 x 1 RÚSSIA

Local: Kazan Arena, em Kazan (Rússia)

Data: 24 de junho de 2017, sábado

Horário: 12 horas (de Brasília)

Árbitro: Fahad Al Mirdasi (Arábia Saudita)

Assistentes: Mohammed Al Abakry (Arábia Saudita) e Alireza Faghani (Irã)

Público: 45.585 pessoas

Cartões amarelos: Guardado (México), Kudryashov, Vasin, Golovin (Rússia)

Cartão vermelho: Zhirkov (Rússia)

Gols: MÉXICO: Araujo, aos 29 minutos do primeiro tempo; Lozano, aos 6 minutos do segundo tempo

RÚSSIA: Samedov, aos 24 minutos do primeiro tempo

MÉXICO: Ochoa; Araujo, Diego Reyes (Luis Reyes), Hector Moreno e Layún; Hector Herrera, Jonathan dos Santos e Guardado (Alanis); Vela (Aquino), Lozano e Hernández

Técnico: Juan Carlos Osorio

 

RÚSSIA: Akinfeev; Dzhikiya, Kudryashov e Vasin; Samedov, Golovin, Glushakov, Erokhin (Smolnikov) e Zhirkov; Poloz (Bukharov) e Smolov (Kanunnikov)

Técnico: Stanislav Cherchesov

Veja também

Promotoria aceita substituir pena de Messi por multa:

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade