PUBLICIDADE

Conheça os dez maiores estádios já usados em Copas do Mundo

23 out 2012 06h38
Publicidade

Se a Copa do Mundo é o maior espetáculo do futebol, nada mais natural que ela conte com grandes palcos para a exibição dos artistas da bola. Confira os dez maiores estádios da história dos mundiais, desde o estádio Azteca, único até hoje a receber duas finais, até o Maracanã, que teve quase 20 mil pessoas além de sua capacidade na final da Copa de 1950.

Com capacidade para 155 mil torcedores em 1950, o Maracanã recebeu mais de 173 mil na final da Copa
Com capacidade para 155 mil torcedores em 1950, o Maracanã recebeu mais de 173 mil na final da Copa
Foto: Getty Images



Maracanã (155.000)

Construído para a Copa do Mundo de 1950, o Estádio Jornalista Mário Filho teve como maior público de sua história a final da competição, entre Brasil e Uruguai. Neste dia, 173.830 pessoas se espremeram para caber nos 155 mil lugares disponíveis. Local receberá também a final da Copa de 2014, mas desta vez com uma capacidade bem mais reduzida.



Azteca (114.600)

A arena mexicana é a única no mundo que já recebeu duas finais de Copa do Mundo. Em 1970, foi palco do tricampeonato do Brasil sobre a Itália, que foi visto por 107.412 pessoas. Dezesseis anos depois, com uma capacidade um pouco maior abrigou a conquista da Argentina sobre a Alemanha.



Rose Bowl (102.000)

Inaugurado em 1923, o estádio norte-americano recebe esse nome por conta da variedade de rosas plantadas ao seu redor. Tradicionalmente usado para partidas de futebol americano, ele foi adaptado para receber jogos de futebol durante a Copa de 1994. Seu maior público foi na final entre Brasil e Itália, vista por 94.194 pessoas.



Wembley (100.000)

Chamado por Pelé de "a catedral do futebol", o tradicional estádio inglês foi o principal palco da Copa de 1966. Curiosamente, o seu maior público em Copas não foi na final, e sim no último jogo da Inglaterra na primeira fase, diante da França, tradicional rival do país. Neste dia, 98.400 pessoas compareceram à arena.



Camp Nou (95.000)

Construído em 1957, a tradicional casa do Barcelona foi usada durante a Copa de 1982. Apesar de ser a maior arena do mundial, a partida mais importante lá realizada foi uma das semifinais. No entanto, o maior público ali registrado foi a partida inaugural, em que a Argentina perdeu para a Bélgica por 1 a 0. Jogo foi visto por 95 mil pessoas.



Santiago Bernabeu (90.000)

A rivalidade entre Barcelona e Real Madrid se estende até mesmo aos tamanhos dos estádios em mundiais. Apesar da menor capacidade, o Santiago Bernabeu leva vantagem por ter sido palco do terceiro título mundial italiano. O jogo foi presenciado por 90 mil espectadores.



Estádio Olímpico de Berlim (87.500)

Construído para a Olimpíada de 1936, o estádio foi usado nas Copas de 1974 e 2006. Na primeira delas, foi palco da partida de abertura, entre Alemanha Ocidental e Chile, com vitória para os donos da casa. Mais de 83 mil pessoas assistiram ao duelo.



Stanford (86.000)

Localizada em Los Angeles, a arena foi inaugurada em 1921 pela Universidade de Stanford e é utilizada em jogos de futebol americano. Foi usada para o futebol pela primeira vez durante os Jogos Olímpicos de 1984, e dez anos depois foi uma das sedes da Copa do Mundo. Seu maior público no mundial foi nas quartas de final entre Suécia e Romênia, vista por 83, 5 mil espectadores.



Soccer City (84.490)

Desenhado para ter na parte externa a aparência de um pote africano, o Soccer City foi o principal estádio da Copa do Mundo da África do Sul, recebendo tanto a abertura quanto o encerramento do torneio. Em ambos os jogos, o local recebeu 84.490 torcedores.



Estádio Olímpico de Munique (82.238)

A arena alemã foi palco da grande final da Copa do Mundo de 1974, entre os donos da casa e a Holanda. A conquista do segundo título mundial pelos germânicos foi vista por 75,2 mil espectadores.



Quer saber mais sobre a Copa Coca-Cola?

Então, clique aqui

e confira

Fonte: PrimaPagina
Publicidade