PUBLICIDADE

Terra no Catar

'Maldição da lesões' pega Brasil em pior hora e liga alerta

Tite perdeu jogadores nos três jogos da Seleção na Copa do Mundo do Catar

3 dez 2022 - 08h25
(atualizado às 09h56)
Compartilhar
Exibir comentários
Tite durante o jogo do Brasil contra o Camarões
Tite durante o jogo do Brasil contra o Camarões
Foto: Reuters/Jennifer Lorenzini

A Seleção Brasileira teve uma preparação tranquila para a Copa do Mundo e chegou ao Catar com todos os 26 jogadores em boa forma física, diferente de outras seleções que perderam os seus principais jogadores por lesões. A França, por exemplo, cortou o atacante Karim Benzema, e Senegal não pode contar com Sadio Mané. Na Argentina, Nico González e Joaquín Correa não chegaram a embarcar com o restante da delegação também por problemas físicos. Apesar da demora, a 'maldição das lesões' chegou ao time canarinho.

Tite perdeu jogadores nas três partidas que o Brasil fez até aqui no Mundial. Na estreia contra a Suíça, Neymar e Danilo lesionaram os tornozelos e ainda não retornaram. Durante a vitória contra a Sérvia, Alex Sandro sofreu um trauma no quadril e virou desfalque. O último problema para o técnico brasileiro foi Alex Telles e Gabriel Jesus. O lateral-esquerdo deixou o campo na derrota para Camarões chorando e com dores no joelho, e Jesus também reclamou do joelho. Após exames neste sábado, 3, os dois foram cortados e estão fora da Copa.

Caso Danilo e Alex Sandro não se recuperem, Tite terá apenas Daniel Alves como lateral de origem à disposição para a partida de oitavas de final contra a Coreia do Sul. Neymar deve treinar no campo pela primeira vez desde a lesão neste sábado, 3. A atividade será fechada para a imprensa e acontece às 12h, no horário de Brasília.

Segundo o técnico do Brasil, as lesões podem estar ligadas com a maratona de jogos: "A exigência física cada vez maior, curto espaço de tempo. Efeito acumulativo dos jogos, por vezes o tempo de recuperação menor."

A Seleção Brasileira entra em campo novamente nesta segunda-feira, 5, às 16h, contra a Coreia do Sul. Em caso de empate, a partida terá prorrogação. Se a igualdade persistir, a vaga para as quartas de final será decidida nos pênaltis.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade