PUBLICIDADE

Copa do Catar

Croata Kovacic exalta Brasil, e Lovren minimiza danças da Seleção: "Faz parte da cultura"

7 dez 2022 - 14h10
Compartilhar
Exibir comentários

Mateo Kovacic e Dejan Lovren concederam entrevista nesta quarta-feira e projetaram o jogo da Croácia de sexta-feira, contra a Seleção Brasileira, válido pelas quartas de final da Copa do Mundo. Enquanto o meio-campista falou sobre as suas características, o zagueiro reforçou as qualidades do Brasil e minimizou as danças protagonizadas pelos brasileiros nos últimos jogos.

"Venho falando com muitos brasileiros, com exceção dos jogadores que enfrentaremos agora. São meus amigos e creio que seremos grandes amigos inclusive depois da partida. Dançar? Que dancem se marcarem um gol. Não vejo nenhuma falta de respeito. Não vejo nada de mal nisso. Que comemorem como quiserem. Faz parte da cultura", iniciou Lovren, mencionando as celebrações que geraram certa polêmica.

O defensor de 33 anos atuou ao lado de alguns brasileiros ao longo de sua carreira. No Liverpool, por exemplo, conviveu com o volante Lucas Leiva, o meia Philippe Coutinho e o atacante Roberto Firmino por várias temporadas. Lovren exaltou a qualidade da Seleção, mas não deixou de citar a força da Croácia.

"O Brasil é definitivamente o favorito. Eles têm duas equipes que podem colocar em campo e mudar o curso da partida a qualquer momento. São os favoritos, mas não temos nenhum problema com isso. Respeitamos a todos, mas olhamos para nós e é assim que vamos entrar em campo", declarou o zagueiro.

"Temos que tomar cuidado com todos os jogadores. Eles têm um time perigoso, são fantásticos individualmente, jogam nos melhores clubes do mundo. Estamos prontos para esta batalha", completou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade