1 evento ao vivo

Terra na Copa

Por paixão do público, Globo pede ambiente honesto na bola

João Cotta/TV Globo / Divulgação
27 mai 2015
21h39
  • separator
  • comentários

A Globo se pronunciou na noite desta quarta-feira em relação às prisões ocorridas na Suíça nesta quarta-feira que envolveram sete membros da Fifa, entre eles o ex-presidente da CBF José Maria Marin. Por meio de editorial lido por William Bonner no Jornal Nacional, a emissora explicou que deseja que as investigações promovidas pelo FBI prossigam, para que o futebol consiga ter um ambiente mais honesto.

Um dos investigados pela agência americana é o empresário J. Hawilla, que é detentor da Traffic e da TV Tem, uma afiliada da Globo. A empresa também negocia diretos de transmissões de torneios.

"A TV Globo, que compra os direitos de muitas dessas competições, só tem a desejar que as investigações cheguem a bom termo e que o ambiente de negócio do futebol seja honesto. Isso só vai trazer benefícios ao publico, que é apaixonado por esse esporte, e às emissoras de televisão do mundo todo, que como a Globo fazem um esforço enorme para satisfazer essa paixão", disse Bonner.

Jamil Chade rebate Del Nero e cita "pedágio" da CBF
Foto: AFP

 

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade