7 eventos ao vivo

Uruguai "passeia" contra Jordânia e fica quase garantido na Copa

13 nov 2013
14h53
atualizado às 17h30
  • separator
  • 0
  • comentários

Com uma aula de futebol no Estádio Internacional Rei Abdullah II, a seleção uruguaia massacrou a Jordânia nesta quarta-feira e abriu vantagem no primeiro confronto de repescagem para a Copa do Mundo de 2014, que será disputada no Brasil. Quinta colocada nas Eliminatórias sul-americanas, a equipe celeste venceu por 5 a 0 o adversário asiático para deixar a vaga bem encaminhada.

Para quebrar o favoritismo e ir à sua primeira Copa do Mundo, a Jordânia, que ficou em quinto lugar nas Eliminatórias asiáticas, terá de vencer o Uruguai por seis gols de diferença no confronto de volta em Montevidéu, na próxima quarta-feira, às 21h (de Brasília). Se repetir o 5 a 0, levará a decisão para os pênaltis. Caso contrário, a seleção bicampeã mundial confirmará presença em mais uma edição do Mundial.

<p>Jordânia não conseguiu segurar ataque do Uruguai</p>
Jordânia não conseguiu segurar ataque do Uruguai
Foto: AFP

Fora de casa, os uruguaios fizeram partida segura, sem dar chances à Jordânia, que se arriscou no ataque e não soube se segurar na defesa. A equipe asiática, formada basicamente por atletas que atuam em seu próprio território, criou boas chances, mas não teve poderio ofensivo que sobrou ao rival sul-americano, com escalação recheada de jogadores convocados na Europa.

O primeiro gol saiu aos 22min. Stuani cruzou da direita e Cavani cabeceou; Shatnawi espalmou, mas Maxi Pereira ficou com o rebote para completar para o fundo do gol. Aos 42min, Suárez cruzou na área, Al Saify furou,e Stuani finalizou rasteiro para aumentar a vantagem e fechar o primeiro tempo com placar que deu ainda mais tranquilidade ao time sul-americano.

A melhor chance da Jordânia veio aos 6min do segundo tempo. Hasan escapou em velocidade pela ponta direita e cruzou na área, onde Ibrahim se adiantou a zaga para, sozinho e de cara para o gol, tocar à direita, mandando para fora. Um gol naquele momento poderia incendiar o confronto ou, pelo menos, dar esperança aos jordanianos.

Os uruguaios, por sua vez, continuaram a aproveitar suas tentativas. Aos 24min, Cavani fintou marcação na entrada da área e rolou para Lodeiro marcar o terceiro. O quarto gol uruguaio saiu aos 33min, com cruzamento de Álvaro Pereira na segunda trave, onde Cristian Rodríguez dominou e bateu cruzado. Fechando a goleada, Cavani fez em cobrança de falta aos 47min.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade