PUBLICIDADE

Inglaterra segura empate contra Ucrânia e mantém ponta do Grupo H

10 set 2013 17h41
| atualizado às 20h41
ver comentários
Publicidade
Gerrard em ação no empate sem gols entre ingleses e ucranianos
Gerrard em ação no empate sem gols entre ingleses e ucranianos
Foto: Getty Images

Jogando em Kiev, a Inglaterra conseguiu segurar a Ucrânia no primeiro dos três jogos decisivos que terá pela frente até o fim das Eliminatórias Europeias. Com o placar de 0 a 0, o English Team chegou aos 16 pontos conquistados e se manteve no primeiro lugar do Grupo H.

Os ucranianos, que assumiriam a ponta em caso de vitória, chegaram aos 15 pontos e, pelo maior saldo de gols, ganharam a segunda posição de Montenegro e aparecem na zona da repescagem.

As duas seleções voltam a jogar em 11 de outubro, pela penúltima rodada desta fase. A Inglaterra terá mais uma "final", contra Montenegro, em casa. Já a Ucrânia medirá forças com a Polônia, que também briga diretamente por uma vaga no Mundial.

A partida começou movimentada. Aos 2min, Zozulja entrou na área, dividiu com Hart e reclamou de pênalti, não marcado pelo juiz. No minuto seguinte, Gerrard arriscou de longe e obrigou Pyatov a fazer boa defesa. Aos 5 e 6min, Cahil, de cabeça, teve duas boas chances de marcar, mas não as soube aproveitar.

Os donos da casa responderam à altura aos 12 e 13min, também com oportunidades seguidas. Na primeira, Fedetskiy subiu livre, mas cabeceou fraco. Depois, o mesmo Fedetskiy cruzou, mas Cahil subiu para afastar o perigo. Nova chegada com perigo só aconteceu aos 32min, quando Gerrard tentou novamente de longe, mas viu a bola sair e morrer na rede por cima do gol.

A Inglaterra voltou ao segundo tempo visivelmente disposta a segurar o empate, que lhe garantia a primeira colocação do grupo, enquanto a Ucrânia tentava, sem sucesso, pressionar.  A primeira oportunidade clara dos ucranianos apareceu somente aos 25min, quando Zozulya foi derrubado por Walker a um passo da grande área. Na cobrança da falta, a bola desviou na barreira e passou muito perto da trave esquerda de Hart. Já nos acréscimos, aos 46min, Lampard aproveitou escanteio cobrado pela direita e, de cabeça, quase marcou o gol da Inglaterra.

Polônia goleia San Marino
Também nesta tarde, a Polônia não encontrou dificuldades para vencer a fraca seleção de San Marino e, a duas rodadas do fim, voltou a brigar de forma efetiva por uma das vagas (tem 13 pontos).

Zielinski (duas vezes), Blaszczykowski, Sobota e Mierzejewski marcaram os gols da vitória por 5 a 1. O tento de Alessandro Della Valle para San Marino representou o primeiro gol da pior seleção nestas Eliminatórias.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade