PUBLICIDADE

Espanha vence em Paris, supera França na tabela e vira líder

26 mar 2013 18h51
| atualizado às 19h03
ver comentários
Publicidade
<p>Pedro acertou ótimo passe e depois apareceu na área para decidir o jogo em Paris</p>
Pedro acertou ótimo passe e depois apareceu na área para decidir o jogo em Paris
Foto: Reuters

Se perdesse para a França, em Paris, a Espanha estaria em situação delicada para disputar a Copa de 2014, no Brasil. Porém, a pressão não atrapalhou a atual campeã mundial: os espanhóis dominaram os franceses nesta terça-feira e venceram por 1 a 0 sofrendo poucos sustos. A vitória fez com que a Espanha superasse a França também no Grupo I das Eliminatórias, com 11 pontos contra 10. O primeiro lugar da chave terá vaga garantida no Mundial, enquanto o vice-líder disputará repescagem.

O primeiro tempo teve um panorama claro durante todos os 45 minutos: a França veio recuada, armada com a primeira linha de quatro de jogadores e mais cinco à frente, com apenas Benzema isolado no ataque. Já a Espanha, que precisava da vitória, apresentou sua típica estratégia de posse de bola e poderia ter aberto o placar já aos 4min: após passe genial de Iniesta, nas costas de Jallet, Monreal tocou para Xavi, que perdeu o gol de forma incrível, dentro da pequena área.

A França só ameaçava nos contra-ataques e quase conseguiu o gol em uma jogada assim, aos 14min. Jallet foi lançado sozinho pela direita e, perto da área, tocou para Benzema, que chegou na correria, mas chutou por cima do gol. Depois o jogo esfriou, já que a Espanha mostrou lentidão e erros de passes e chutes, enquanto a França não acertou outros contra-golpes. Só houve emoção quando Pedro ficou de frente para Lloris, se jogou e reclamou de pênalti, mas o juiz nada marcou.

Se Xavi já tinha perdido um gol incrível, no final da etapa foi a vez da França ver seu principal jogador desperdiçar outra boa oportunidade: aos 38min, Ribéry saiu frente a frente com Valdés, mas adiantou demais a bola e tentou colocar entre as pernas do goleiro, mas falhou e só pôde lamentar. Nos últimos minutos os franceses se empolgaram e até equilibraram a posse de bola, mas o primeiro tempo acabou sem gols.

Assim como no primeiro tempo, a primeira chance clara de gol foi da Espanha, mas outra vez foi desperdiçada: aos 8min, Iniesta recebeu passe de Xabi Alonso, entrou na área livre, mas a bola desviou e saiu por cima da trave. O merecido gol dos espanhóis só saiu aos 12min, graças a Pedro: ele fez uma virada de jogo sensacional para Monreal, que dominou a bola, entrou na área e cruzou rasteiro novamente para Pedro, que só tocou para as redes.

Com o gol, finalmente a França foi obrigada a procurar mais o ataque, o que deixou o jogo mais aberto. Tanto que Pedro e Matuidi perderam um gol para cada lado, aos 17min e aos 18min. Os franceses estavam nervosos, mas naturalmente conseguiram fazer alguma pressão, já que o técnico Del Bosque tirou Pedro e Villa do jogo, colocando meias em seus lugares. Mas aos 32min, a esperança da França começou a acabar: aos 32min, Pogba recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Mesmo com um a mais, a Espanha ainda tomou dois sustos, com Ribéry aos 38min e Evra aos 40min, mas a vitória ficou assegurada.

Ficha técnica

FRANÇA 0 x 1 ESPANHA

Gol
ESPANHA: Pedro, aos 12min do 2º tempo

FRANÇA: Lloris; Jallet (Giroud), Varane, Koscielny e Evra; Cabaye (Menéz), Pogba, Matuidi, Valbuena e Ribéry; Benzema (Sissoko)
Treinador: Didier Deschamps

ESPANHA: Valdés; Arbeloa, Sergio Ramos, Piqué e Monreal; Busquets, Xabi Alonso e Xavi; Pedro (Fàbregas), Villa (Navas) e Iniesta (Juan Mata)
Treinador: Vicente Del Bosque

Cartões amarelos
FRANÇA: Matuidi e Cabaye
ESPANHA: Xavi, Arbeloa e Fàbregas

Cartão vermelho
FRANÇA:
Pogba

Árbitro
Viktor Kassai

Local
Stade de France, em Paris (FRA)

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade