0

México é salvo pelos EUA e vai à repescagem por vaga para Copa

16 out 2013
00h23
atualizado às 00h43
  • separator
  • 0
  • comentários

O México ficou muito perto de ser eliminado nas Eliminatórias da Concacaf (América do Norte e Central) para a Copa do Mundo, mas acabou salvo pelos Estados Unidos. Nesta terça-feira, a equipe tricolor foi derrotada pela Costa Rica por 2 a 1 e só conquistou sua vaga porque os americanos viraram nos instantes finais e eliminaram o Panamá fora de casa com um 3 a 2.

Com dois gols no fim, os Estados Unidos venceram o Panamá de virada e ajudaram os rivais do México
Com dois gols no fim, os Estados Unidos venceram o Panamá de virada e ajudaram os rivais do México
Foto: AFP

Em dez jogos na fase final, o México teve apenas duas vitórias e conseguiu cinco empates. A última vaga direta - Estados Unidos e Costa Rica já tinham se classificado - ficou com Honduras, que empatou com a Jamaica por 2 a 2. A repescagem contra a Nova Zelândia acontece em novembro.

O México começou a partida com a decepção de uma grande chance desperdiçada. Aos 18min, Chicharito Hernández foi lançado além do goleiro e se complicou para finalizar com o gol vazio. Quando conseguiu chutar, a bola foi em direção a Peralta, que estava em posição irregular, o que provocou o impedimento.

Para aumentar o drama mexicano, aos 26min Ruiz driblou o veterano Rafa Marquez com um "chapéu" e chutou firme para abrir o placar. Três minutos depois, Peralta aproveitou sobra e finalizou no travessão, mas viu a bola pingar para dentro da meta.

Honduras empatou com a Jamaica e carimbou presença direta na Copa de 2014
Honduras empatou com a Jamaica e carimbou presença direta na Copa de 2014
Foto: Reuters

O empate era suficiente para garantir o México na repescagem, uma vez que o Panamá vencia os Estados Unidos. Entretanto, aos 18min do segundo tempo, Saborio aproveitou cruzamento de Gamboa e voltou a deixar a Costa Rica em vantagem. Os resultados eliminavam os mexicanos, mas os americanos empataram sua partida contra os panamenhos.

Em San José, o México não era capaz de ameaçar a Costa Rica, que por sua vez se mostrava próxima do terceiro gol. Aos 29min, Bolaños acertou chute na trave em finalização cruzada sem chance para Ochoa. Enquanto isso, o Panamá fez seu segundo gol com Tejada depois de rebote do goleiro. Os mexicanos nada podiam fazer para se ajudar, então coube aos americanos mudar o cenário com dois gols no final que significaram a vitória sobre os panamenhos.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade