0

Lugano nega clássico "de vida ou morte" para o Uruguai contra Argentina

13 out 2013
16h11
atualizado às 16h29
  • separator
  • comentários

Capitão da seleção uruguaia, Diego Lugano afirmou neste domingo que o jogo de terça-feira diante da Argentina em Montevidéu não será um duelo de "vida ou morte" como se previa, mas disse que será jogado com intensidade porque continua sendo um "clássico".

Lugano disse que após a derrota de sexta-feira por 1 a 0 perante o Equador, na penúltima rodada das Eliminatórias sul-americanas e que eliminou praticamente as possibilidades da seleção uruguaia obter a classificação direta para o torneio que será realizado no Brasil, "a realidade mudou, e bastante" perto da partida frente à Argentina".

"Não será de vida ou morte, mas é um clássico, uma partida especial, com estádio cheio e com nossa gente como sempre apoiando a seleção, por isso que vamos dar o máximo", acrescentou.

O defensor apontou que, além da tradição, a possibilidade do Uruguai ser cabeça-de-chave no Mundial, se vencer a Argentina, servirá como "incentivo" para o triunfo.

"Há mais de 40 anos que o Uruguai não é cabeça-de-chave e seria importante recuperar essa possibilidade. Apesar de faltar muito caminho por percorrer para chegar ao Mundial, vamos defender essa possibilidade", especificou.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade