2 eventos ao vivo

Com reação espetacular, Colômbia empata com Chile e vai à Copa de 2014

11 out 2013
20h11
atualizado às 20h26
  • separator
  • comentários

A seleção da Colômbia perdia para o Chile por 3 a 0 até a metade do segundo tempo, mas, após a expulsão de Carmona, o time colombiano reagiu e empatou por 3 a 3 em partida disputada na noite desta sexta-feira, no Estádio Metropolitano Roberto Melendez, em Barranqüilla, na Colômbia. O resultado garantiu a presença da equipe da casa na Copa do Mundo de 2014, que será disputada, no Brasil.

<p>Col&ocirc;mbia perdia de 3 a 0 at&eacute;&nbsp;metade do&nbsp;segundo tempo, mas conseguiu rea&ccedil;&atilde;o incr&iacute;vel</p>
Colômbia perdia de 3 a 0 até metade do segundo tempo, mas conseguiu reação incrível
Foto: EFE

Asiim, a Colômbia se manteve na segunda posição das Eliminatórias Sul-Americanas com 27 pontos ganhos. O Chile que chegou a estar com o passaporte carimbado, voltou para a terceira posição com 25 pontos ganhos e vai depender do resultado na última rodada.

A seleção chilena começou a partida com grande disposição ofensiva e surpreendeu os donos da casa que contavam com o apoio de uma grande e entusiasmada torcida. Aos 19min, a equipe andina abriu o marcador. Vargas foi derrubado pelo goleiro Ospina na grande área e o árbitro marcou pênalti. Vidal bateu forte, no canto direito, e colocou a sua equipe na frente. 

Os colombianos nem haviam conseguido se recuperar do susto quando sofreram o segundo gol. O atacante Vargas cruzou da direita e Alexis Sánchez entrou para tocar na bola e colocar nas redes de Ospina.  Aos 30min, o Chile anotou o terceiro gol. Após cobrança de escanteio, Sánchez cabeceou, Ospina fez defesa parcial e o atacante do Barcelona aproveitou o rebote para marcar o seu segundo gol no jogo.

<p>Chile desperdiçou chance de garantir vaga na Copa na noite desta sexta</p>
Chile desperdiçou chance de garantir vaga na Copa na noite desta sexta
Foto: EFE

Só nos minutos finais do primeiro tempo é que a equipe colombiana chegou, com perigo, ao gol de chileno. Aos 45min, Falcao Garcia desviou para fora, após cruzamento. E, no minuto seguinte, Cuadrado bateu forte e Bravo fez ótima defesa.

O técnico José Pekerman promoveu duas alterações na Colômbia que retornou disposta a descontar a diferença. O time da casa encurralou o Chile na defesa, mas a equipe comandada por Jorge Sampaoli conseguiu segurar a pressão.

O Chile passou a atuar com dez jogadores, a partir dos 22min: Carmona foi expulso por tocar na bola com a mão e recebeu o segundo cartão amarelo. Logo depois, a Colômbia marcou o primeiro gol: aos 24min, Armemo fez boa jogada e lançou para Gutiérrez completar.

O time da casa se empolgou e aos 30min fez o segundo. Silva derrubou Rodriguez na grande área e o árbitro marcou pênalti. Falcao Garcia cobrou com categoria, sem chances para Bravo.
Assustado e inferiorizado numericamente, o Chile recuou para defender o resultado e sofreu o terceiro aos 39min, quando o goleiro Bravo derrubou Silva na grande área e a arbitragem marcou outro pênalti. Falcao Garcia bateu, com categoria, para deixar tudo igual.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade