PUBLICIDADE

Comissão abre queixa por racismo contra Ronaldinho no México

15 set 2014 - 13h11
(atualizado às 14h30)
Ver comentários
<p>Ronaldinho sa&uacute;da f&atilde;s ao ser apresentado pelo clube mexicano Quer&eacute;taro no est&aacute;dio La Corregidora</p>
Ronaldinho saúda fãs ao ser apresentado pelo clube mexicano Querétaro no estádio La Corregidora
Foto: Demian Chavez / Reuters

A Comissão Nacional para a Prevenção da Discriminação (Conapred) do México anunciou nesta segunda-feira que abriu uma queixa devido aos insultos racistas feitos por um político do estado mexicano de Querétaro contra o meia Ronaldinho Gaúcho.

A Conapred iniciou ação contra Carlos Manuel Treviño horas depois que a direção do Querétaro, novo clube do brasileiro, criticou o ex-secretário de Desenvolvimento Social por chamar o jogador de símio em uma postagem no Faceboook.

Treviño voltou à rede social para pedir desculpas à equipe e a Ronaldinho nesta segunda-feira, sem poder evitar a abertura de queixa do Conapred por racismo.

"Ofereço desculpa a @10RonaldinhoGaúcho pelo meu infeliz comentário. Assumo a responsabilidade dos meus atos", afirmou o político, membro ativo do conservador Partido Ação Nacional (PAN).

O Querétaro classificou como lamentável a postagem de Treviño, e pediu às autorizades punição exemplar, o que motivou a ação da Conapred.

Em busca de títulos, Ronaldinho recebe camisa 49 do Querétaro:

"A discriminação racial é uma grave expressão social que lastima a dignidade das pessoas. Por isso, os 'Gallos Blancos' de Querétaro rejeitam determinantemente todas as formas de racismo e discriminação", disse a direção do clube em comunicado. As autoridades de Querétaro confirmaram que investigarão Treviño, funcionário do governo municipal entre 2006 e 2009, por violações à lei contra a discriminação. 

Ronaldinho foi apresentado à torcida do Querétaro na última sexta-feira, quando o clube só empatou contra o Puebla por 1 a 1 no estádio Corregidora. Os "Gallos Blancos" ocupam a oitava posição no torneio Apertura do Campeonato Mexicano, com 11 pontos. O líder é o América, com 17.

Xaveco, mulheres e gafe: Ronaldinho leva sua marca ao México:
EFE   
Publicidade
Publicidade