0

Com dois gols de Everaldo, Chapecoense bate reservas do Inter em Chapecó

Triunfo ajuda a levantar ânimo da equipe catarinense após vice do estadual e eliminação na Copa do Brasil

27 abr 2019
21h56
atualizado às 22h23
  • separator
  • 0
  • comentários

A Chapecoense aproveitou o duelo contra o time alternativo do Internacional e venceu por 2 a 0, neste sábado, na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O centroavante Everaldo marcou os dois gols do confronto - um em cada tempo -, disputado sob muita chuva e o gramado bem encharcado.

Vitória importante do time catarinense, recém-eliminado pelo Corinthians na Copa do Brasil, além do vice-campeonato estadual contra o Avaí. O dever de casa era visto como importante, principalmente contra um dos postulantes ao título nesta temporada. E fica mantido o tabu porque esta é a quinta derrota gaúcha em cinco jogos disputados na Arena Condá.

Já o Internacional, que poupou os titulares devido ao desgaste da viagem ao Peru, no meio de semana, pela Copa Libertadores, assumiu o risco e agora terá o duelo contra o Flamengo para somar os primeiros pontos na competição.

Os times fizeram um primeiro tempo bastante equilibrado. Com o gramado molhado, ambos arriscaram chutes de fora da área para surpreender os goleiros. Márcio Araújo, pela Chapecoense, e Neílton, do Internacional, quase abriram o marcador.

O placar, porém, foi inaugurado em lance de bola parada. Aos 42 minutos, jogadores da Chapecoense reclamaram de um toque de mão do zagueiro Emerson Santos dentro da área. O árbitro paulista Raphael Claus revisou o lance no VAR (árbitro de vídeo) e marcou pênalti. Everaldo foi para a cobrança e abriu o placar aos 46.

No segundo tempo, o técnico Odair Hellmann colocou o Internacional ainda mais no ataque, mas encontrou dificuldades para passar pela defesa adversária. A Chapecoense, mais defensiva, até poderia ter aumentado a vantagem. Aos 19 minutos, Everaldo finalizou forte e Marcelo Lomba praticou excelente defesa.

Antes do apito final, o time gaúcho esboçou pressão e quase marcou em uma falha do rival. Bruno Pacheco cortou mal o cruzamento e a bola sobrou para Jonathan Alvez, que finalizou por cima do travessão.

Mas quem acabou marcando foi a Chapecoense. Aos 42 minutos, Everaldo recebeu cruzamento, tirou Rodrigo Moledo da marcação e finalizou com categoria no canto esquerdo de Marcelo Lomba. Um belo gol, dando números finais ao confronto.

A Chapecoense volta a campo nesta quarta-feira para enfrentar o Corinthians, às 16 horas, na Arena Corinthians, em São Paulo. No mesmo dia e horário, o Internacional recebe o Flamengo, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA:

CHAPECOENSE 2 x 0 INTERNACIONAL

CHAPECOENSE - Tiago; Eduardo, Gum, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Diego Torres (Amaral), Gustavo Campanharo, Alan Ruschel (Aylon) e Régis (Renato); Everaldo. Técnico: Ney Franco.

INTERNACIONAL - Marcelo Lomba; Bruno, Roberto, Emerson Santos (Rodrigo Moledo) e Uendel; Rodrigo Lindoso, Nonato e Camilo (Jonathan Alvez); William Pottker (Sarrafiore), Rafael Sóbis e Neílton. Técnico: Odair Hellmann.

GOLS - Everaldo (pênalti), aos 46 minutos do primeiro tempo; Everaldo, aos 42 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Douglas (Chapecoense); Emerson Santos (Internacional).

ÁRBITRO - Raphael Claus (Fifa/SP).

RENDA - R$ 470.580,00.

PÚBLICO - 8.231 pagantes.

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade