PUBLICIDADE

CBF descobre rombo de gastos em suas competições de base

Auditoria interna constatou "excessos" de mais de R$ 10 milhões na organização de torneios

20 mai 2022 - 10h39
Ver comentários
Publicidade

Numa auditoria interna, ainda em curso, a CBF detectou um volume desproporcional de dinheiro direcionado para a organização de competições de base. Em quatro delas, já houve o corte total de cerca de R$ 10 milhões em seus respectivos orçamentos.

Os gastos excessivos chamaram a atenção do presidente Ednaldo Rodrigues e do atual diretor de Competições, Júlio Avellar. Diziam respeito, entre outros itens, a custos com viagens, por exemplo.

Como o departamento responsável pelas competições está debruçado nos levantamentos da auditoria, que apresenta novos e estranhos números a cada instante, alguns torneios estão com a agenda em atraso.

CBF descobre rombo de gastos em suas competições de base
CBF descobre rombo de gastos em suas competições de base
Foto: Marco Galvão / CBF

“São valores exorbitantes. A CBF vai fazer tudo de forma correta para não ser lesada em nada. O adiamento de algumas competições tem como único motivo a busca da transparência, com novos orçamentos, realistas e respaldados pela lisura”, disse Ednaldo Rodrigues, em contato com a reportagem do Terra.

Essa apuração se estenderá a todos os torneios organizados pela CBF, no futebol masculino e feminino, e também abrangerá as despesas com as seleções mantidas pela confederação.

Ednaldo foi eleito presidente da CBF em março e desde então vem promovendo mudanças na diretoria da entidade.

Na semana que vem, em assembleia geral, ele espera aprovar por unanimidade sua proposta de venda de um helicóptero, de uma aeronave com capacidade para nove pessoas e de um Mercedes-Benz blindado, bens que pertencem a CBF “do passado”, segundo declarou.

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade