0

"Talvez tenha sido sincero demais", diz Mano sobre Carille

Técnico do Palmeiras acredita que ele teria mantido o emprego caso o time alvinegro vencesse o Flamengo no último domingo

4 nov 2019
23h32
atualizado em 5/11/2019 às 11h04
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O técnico Mano Menezes comentou pela primeira vez sobre a demissão de Fábio Carille do Corinthians. No programa Bem Amigos do Sportv, o treinador do Palmeiras avaliou que o seu colega "talvez tenha sido sincero demais" em entrevista coletiva, mas acredita que teria mantido o emprego caso o time alvinegro vencesse o Flamengo no último domingo.

(Foto: Cesar Greco/SEP)
(Foto: Cesar Greco/SEP)
Foto: Gazeta Esportiva

"A gente tem informações que a relação do Fábio com seus jogadores foi muito boa, sempre teve uma comunicação tranquila. Talvez ele tenha sido sincero demais na circunstância, porque a coisa já vinha se arrastando, a pressão já era grande, e aí talvez não precisava ter externado tanto como externou", disse Mano.

O comandante se referiu à última entrevista coletiva de Carille como técnico do Corinthians, na última quinta-feira, quando afirmou que sentia vergonha da performance do time.

O ex-técnico corintiano foi contratado pelo Timão após pedido de Mano em 2009; sendo auxiliar nas duas passagens do atual comandante palmeirense no Corinthians; entre 2008 e 2010, e em 2014.

Perguntado sobre como lidaria com uma situação parecida, o treinador palmeirense optou por abordagem mais discreta. "As vezes o que você está entregando pouco, mas a gente trata esse assunto internamente", contou.

"Se o resultado positivo viesse, seria capaz de administrar bem todas essas outras questões. Eu não estou defendendo. Eu não vi toda a entrevista, então eu não analiso o que não vi. Mas veja que a resposta que todos nós demos é que se tivesse ganhado do Flamengo, hoje ele estaria técnico do Corinthians", encerrou Mano.

Veja também:

Confira os técnicos disponíveis no mercado brasileiro

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade