1 evento ao vivo

Palmeiras vence Botafogo e seca Santos por vice-liderança

12 out 2019
22h54
atualizado às 23h05
  • separator
  • 0
  • comentários

Após três rodadas de jejum, o Palmeiras voltou a vencer pelo Campeonato Brasileiro na noite deste sábado. Com o triunfo por 1 a 0 sobre o Botafogo, alcançado no Estádio do Pacaembu em um jogo sem brilho, o time alviverde precisa secar o Santos para retomar a vice-liderança.

Thiago Santos, do Palmeiras, comemora seu gol na partida contra o Botafogo, válida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019, no Estádio do Pacaembu, em São Paulo, na noite deste sábado (12).
Thiago Santos, do Palmeiras, comemora seu gol na partida contra o Botafogo, válida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019, no Estádio do Pacaembu, em São Paulo, na noite deste sábado (12).
Foto: JULIO ZERBATTO/MYPHOTO PRESS / Estadão Conteúdo

Com 50 pontos, cinco a menos que o Flamengo, o Palmeiras dorme no segundo lugar do torneio nacional. O Santos, que tem 47 pontos e as mesmas 14 vitórias do concorrente, encara o Internacional às 16 horas (de Brasília) de domingo, no Beira-Rio. O Botafogo, por sua vez, segue 30 pontos e figura no 12º posto.

Pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras volta a campo para enfrentar a Chapecoense às 21 horas (de Brasília) desta quarta-feira, no Allianz Parque. Às 21h30 do mesmo dia, o Botafogo disputa o clássico contra o Vasco, no Estádio de São Januário.

O Jogo - Com o presidente Jair Bolsonaro na plateia, o Palmeiras inaugurou o marcador logo aos 14 minutos do primeiro tempo. Substituto do suspenso Felipe Melo, Thiago Santos tabelou com Gustavo Scarpa pelo meio, invadiu a área e tocou na saída de Diego Cavalieri para marcar o sexto gol em sua 174ª partida pelo clube.

O Palmeiras manteve o controla da partida disputada no Pacaembu e voltou a assustar por meio de jogada de bola parada. Em cobrança de falta pelo lado direito, Gustavo Scarpa bateu direto e viu a bola passar perto do travessão de Diego Cavalieri, com perigo.

O time alviverde esboçou jogadas promissoras no campo de ataque durante o primeiro tempo, mas errou passes decisivos e não conseguiu ameaçar o gol adversário. Sem correr maiores riscos no campo de defesa, Fernando Prass trabalhou pouco na metade inicial.

Logo no começo da etapa complementar, Marcos Rocha recebeu de Dudu pelo meio, cortou para a canhota e chutou para boa defesa de Diego Cavalieri. Em uma nova chegada do Palmeiras, Bruno Henrique recebeu de Diogo Barbosa dentro da área, limpou a marcação e bateu para o goleiro adversário espalmar.

O Palmeiras investiu em subidas pelo lado esquerdo do campo de ataque, especialmente com Dudu, mas tinha dificuldades para criar boas chances de gol. Na tentativa de aumentar o poder de fogo de seu time, Mano Menezes promoveu a reestreia de Henrique Dourado, colocado no lugar do apagado Deyverson.

O Palmeiras chegou a marcar com Bruno Henrique, mas a arbitragem apontou impedimento de Dudu no início da jogada. Nos acréscimos, Henrique Dourado sobrou livre na cara do gol e bateu para defesa de Diego Cavalieri. Apesar da insistência, o time alviverde não conseguiu aumentar a vantagem.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 1 x 0 BOTAFOGO

Data: 12 de outubro de 2019, sábado

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo-SP

Horário: 21 horas (de Brasília)

Árbitro: Anderson Daronco (Fifa)

Assistentes: Rafael Alves e Elio Junior

VAR: Jean Pierre Lima

Público: 19.028 pagantes

Renda: R$ 579.605,00

Cartões amarelos: Luan, Thiago Santos (PAL); Fernando, Joel Carli (BOT)

Gol:

PALMEIRAS: Thiago Santos, aos 14 minutos do 1º Tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Thiago Santos (Matheus Fernandes), Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Dudu, Zé Rafael (Lucas Lima) e Deyverson (Henrique Dourado)

Técnico: Mano Menezes

BOTAFOGO: Diego Cavalieri, Fernando, Joel Carli, Gabriel e Gilson (Igor Cássio); Alan Santos (Marcos Vinícius), Gustavo Bochecha, João Paulo (Yuri), Leonardo Valencia; Luiz Fernando e Vinícius Tanque

Técnico: Bruno Lazaroni

Veja também:

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade