PUBLICIDADE

Palmeiras massacra São Paulo, faz 5 a 0 e segue sonhando com título brasileiro

Com o resultado, o Palmeiras segue no G4 do Campeonato Brasileiro e ainda possui chances matemáticas de conquistar o título

25 out 2023 - 21h58
(atualizado às 22h04)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Gazeta Esportiva

O Palmeiras conquistou uma importante e memorável vitória na noite desta quarta-feira, goleando o São Paulo, no Allianz Parque, por 5 a 0, em jogo válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após ter acabado com a sequência sem vitórias no último fim de semana, contra o Goiás, o time comandado por Abel Ferreira não tomou conhecimento do Tricolor e simplesmente atropelou o rival graças aos gols de Breno Lopes (2), Piquerez (2) e Marcos Rocha.

Com o resultado, o Palmeiras segue no G4 do Campeonato Brasileiro e ainda possui chances matemáticas de conquistar o título - o Botafogo está a nove pontos, mas com um jogo a menos. O São Paulo, por sua vez, continua na briga para não se aproximar da zona de rebaixamento, figurando em décimo lugar.

O Palmeiras volta a entrar em campo no próximo sábado, contra o Bahia, às 19h (de Brasília), no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro. Já o São Paulo encara o Athletico-PR no domingo, às 16h (de Brasília), na Arena da Baixada, também pela competição de pontos corridos.

Faltam dez rodadas! Veja os jogos de 'seis pontos' que teremos no Brasileirão Faltam dez rodadas! Veja os jogos de 'seis pontos' que teremos no Brasileirão

Palmeiras massacra o São Paulo no 1ºT

O Palmeiras começou o jogo muito mais ligado que o rival e chegou ao primeiro gol logo aos quatro minutos. Mayke recebeu livre pela direita e cruzou na medida para Richard Ríos cabecear no cantinho, ver Rafael chegar a tocar na bola, mas não evitar que ela estufasse as redes. Após revisão do VAR, porém, foi marcado impedimento do colombiano.

A marcação do São Paulo pela esquerda não encaixava, e Mayke seguiu tendo liberdade para chegar na linha de fundo. Assim, não demorou muito para o Palmeiras, de fato, abrir o placar. Aos 15, o lateral direito do Verdão cruzou rasteiro, e Breno Lopes precisou apenas completar para o fundo das redes, colocando os donos da casa em vantagem na partida.

O São Paulo só foi responder em uma cobrança de falta de James Rodríguez, que acabou mandando à direita do gol defendido por Weverton. Mas, o Palmeiras rapidamente retomou o controle do jogo e chegou ao segundo gol novamente com Breno Lopes. Aos 26 minutos, Richard Ríos deu lindo passe de Trivela para o atacante sair cara a cara com Rafael e finalizar com categoria.

Como se não bastasse, já na reta final do primeiro tempo Lucas Moura acabou sentindo a região posterior da coxa esquerda e teve de ser substituído. Isso depois de Gabriel Neves, que fez uma péssima partida, deixar o campo para a entrada de Rodrigo Nestor. Mas, as modificações de Dorival Júnior não surtiram efeito, muito pelo contrário.

O Palmeiras continuou pressionando o rival e ainda teve tempo para marcar o terceiro gol após um erro infantil de Wellington Rato, que fez carga em Zé Rafael dentro da área, e o árbitro Raphael Claus não titubeou, marcando pênalti. Piquerez foi para a cobrança e não desperdiçou, fechando os trabalhos na etapa inicial.

Segundo tempo

O São Paulo voltou para o segundo tempo com Jhegson Méndez na vaga de James Rodríguez. A ideia de Dorival Júnior era dar mais consistência defensiva ao meio-campo da equipe, evitando uma goleada. O Palmeiras, por sua vez, desacelerou. Com a vitória praticamente garantida, os donos da casa não imprimiram o mesmo ritmo da etapa inicial, obrigando o Tricolor a se expor.

A segunda metade da partida teve bem menos emoções. O São Paulo, mesmo com mudanças, seguiu tendo dificuldade para infiltrar na defesa palmeirense. Para piorar, aos 15 minutos, Rafinha, que já tinha cartão amarelo, fez falta em Breno Lopes e acabou recebendo o segundo, sendo, consequentemente, expulso e dificultando ainda mais a vida do Tricolor dentro do Allianz Parque.

Mas, sempre o que está ruim pode piorar ainda mais, e o Palmeiras, apesar da elástica vantagem, não se acomodou, embora tenha diminuído o ritmo. Prova disso é que aos 40 minutos os donos da casa ainda conseguiram transformar a vitória em goleada com Marcos Rocha, completando no segundo pau para o fundo das redes. No minuto seguinte, Piquerez, com um lindo chute de fora da área, cruzado, no ângulo, fechou a inesquecível noite para o Verdão, que conquistou a maior vitória sobre o rival da história do Allianz Parque.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 5 X 0 SÃO PAULO

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Data:  25 de outubro de 2023, quarta-feira

Horário: às 20h (de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)

Assistentes: Alex Ang Ribeiro (Fifa-SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (Fifa-SP)

VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (Fifa-SP)

Cartões amarelos: Zé Rafael, Endrick e Raphael Veiga (Palmeiras); Beraldo, Rafinha e Wellington Rato (São Paulo)

Cartões vermelhos: Rafinha (São Paulo)

Público: 32.618 torcedores

Renda: R$ 1.995.950,97

GOLS: Breno Lopes (Palmeiras), aos 15′ do 1ºT; Breno Lopes (Palmeiras), aos 26′ do 1ºT; Piquerez (Palmeiras), aos 51′ do 1ºT; Marcos Rocha (Palmeiras), aos 38′ do 2ºT; Piquerez (Palmeiras), aos 41′ do 2ºT.

PALMEIRAS: Weverton; Gustavo Gómez, Luan e Murilo; Mayke (Marcos Rocha), Zé Rafael, Richard Ríos (Fabinho), Raphael Veiga (Artur) e Piquerez; Breno Lopes (Luis Guilherme) e Endrick (Rony).

Técnico: Abel Ferreira

SÃO PAULO: Rafael; Rafinha, Diego Costa, Beraldo e Caio Paulista; Gabriel Neves (Rodrigo Nestor), Alisson (Nathan), Michel Araújo e James Rodríguez (Jhegson Méndez); Lucas (Wellington Rato) e David (Luciano).

Técnico: Dorival Júnior

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade