0

"Não me sinto ultrapassado", diz Cuca após fala de Jesus

Técnico do Flamengo havia dito, em entrevistado no ano passado, que treinadores brasileiros estariam ultrapassados

11 set 2019
12h33
atualizado às 13h01
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico Cuca deu uma coletiva de imprensa surpresa após o treino matinal do São Paulo nesta quarta-feira. Um dos temas abordados, porém, nada tinha a ver com o clube que comanda e, sim, uma declaração dada por Jorge Jesus, atual técnico do Flamengo, sobre os treinadores brasileiros estarem ultrapassados.

Cuca, técnico do São Paulo FC, durante a coletiva no CCT da Barra Funda, na Zona Oeste da capital paulista
Cuca, técnico do São Paulo FC, durante a coletiva no CCT da Barra Funda, na Zona Oeste da capital paulista
Foto: MARCELO D. SANTS/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Essa fala do português teria sido feita em 2018 a uma revista francesa, quando Jesus treinava o árabe Al-Hilal. Para Cuca, ele pode ter uma opinião diferente agora que está no Brasil, portanto, a pergunta deveria ser feita a ele.

"Essa entrevista foi na Arábia, no ano passado. Tem muita gente pensando que ele tá no Brasil falando mal do técnico brasileiro. Ele tava no Al-Hilal falando para uma TV ou um jornal francês que divulgou agora. Acho que essa pergunta que você me faz poderia ser feita para o Jorge Jesus, agora que ele tem um conhecimento maior do futebol brasileiro e dos treinadores, ainda que não tenha enfrentado todos. Ele vai poder dizer se teve alguma dificuldade com algum time ou se os treinadores estão ultrapassados", iniciou.

A resposta continuou, com Cuca afirmando que muito provavelmente Jorge Jesus mudou de opinião. "Acho que ele é um cara que tem ética profissional, tem respeito, foi muito bem recebido no Brasil por todos nós. Teve um curso na CBF, o Mancini me dizia agora, e todos os 20 que estavam lá o receberam de forma maravilhosa. Acho muito raro que ele venha falar isso hoje. O sentimento dele hoje não seria esse", completou.

Português teria falado que técnicos brasileiros são ultrapassados no ano passado, quando ainda não comandava o Flamengo (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Português teria falado que técnicos brasileiros são ultrapassados no ano passado, quando ainda não comandava o Flamengo (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Foto: Gazeta Esportiva

Agora, em relação à pergunta propriamente dita, a de ser ultrapassado, o técnico do São Paulo fez uma autoavaliação. Além disso, ele aproveitou para enaltecer a equipe do Flamengo, líder do Campeonato Brasileiro e adversário a ser batido.

"Tem muito a se evoluir, mas não me sinto de forma alguma ultrapassado. Sigo tudo que é jogo, tudo que é treinamento. Se comparar com os de fora, não se vê diferença. Hoje é tudo online, tudo integrado. O que muda são as estratégias. O Jorge Jesus tem, por mérito dele e do Flamengo, um baita time. Os 11 que jogam são nível de Seleção. Foi montada uma estrutura maravilhosa dentro de um orçamento, e isso tem que se tirar o chapéu não só ao treinador, mas ao que o Flamengo fez. O campeonato é longo. Tem muita coisa para queimar", disse.

Para finalizar, Cuca avaliou o time do São Paulo e comentou se é possível bater de frente com o Rubro-Negro. No momento, o Tricolor é o quinto colocado no Brasileiro, com 31 pontos, enquanto o Fla é o líder, com 39, ou seja, são oito pontos de vantagem.

"Não é bater de frente com o Flamengo. O que a gente quer é uma regularidade, que a gente teve um tempo atrás e perdeu agora em três jogos. Não temos tantos jogadores em nível de seleção, mas tenho confiança em fazer um grande segundo turno e dar uma arrancada. Nosso time é bom também", finalizou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade