PUBLICIDADE

Em partida histórica, Inter e Atlético-GO empatam no Beira-Rio

Colorado sai atrás, mas busca empate com gol de Borré. Colorado desperdiça chance de liderar o BR-24. Confronto teve arbitragem 100% feminina

28 abr 2024 - 22h00
(atualizado às 22h23)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Divulgação/Inter - Legenda: Borré comemora o gol de empate do Internacional / Jogada10

Internacional e Atlético-GO empataram em 1 a 1 na noite deste domingo (28), em partida válida pela quarta rodada do Brasileirão, no Beira-Rio. O Dragão abriu o placar com Derek, mas o Colorado buscou o empate cinco minutos depois, com Borré.

Com o resultado, o Internacional desperdiçou a chance  de assumir a liderança do Brasileirão, mas segue no pelotão de frente. Afinal, encontra-se em sexto, com sete pontos, apenas dois atrás do líder Botafogo. Já o Atlético-GO pontuou pela primeira vez, mas segue na zona de rebaixamento, em penúltimo.

Partida histórica

O embate ficará marcado para sempre na história do futebol brasileiro, afinal, é a primeira vez que a CBF escalou apenas mulheres no comando da arbitragem desde a implementação do VAR. Ao todo, foram oito profissionais envolvidas no jogo. O confronto, inclusive, não teve polêmicas de arbitragem.

Vale lembrar que há 21 anos, o Brasileirão já tinha tido um jogo apenas com mulheres, mas, na época, foram menos profissionais, afinal, ainda não tinha o VAR.

O Internacional dominou a primeira etapa. No entanto, esteve bem longe de levar perigo real ao gol do Atlético-GO. Afinal, a melhor chance do Colorado saiu dos pés de Bruno Henrique, de fora da área, aos 20, mas sem empolgar. Pouco depois, foi outro volante, Maurício, quem arriscou daquela região do campo, mas também sem dar muito trabalho ao goleiro. O Dragão só foi finalizar aos 35, com Luiz Fernando, mas o chute saiu fraquinho. aos 41, o Inter apareceu novamente: Bustos foi à linha de fundo, e a bola sobrou para Renê, mas ele finalizou mal, perto da pequena área.

Já a segunda etapa, como tem sido a tônica dessa rodada do Brasileirão, foi bem mais emocionante. Logo aos três, Wesley invadiu a área e cruzou, mas a zaga afastou. No lance seguinte, Derek, que tinha entrado no intervalo, abriu o placar: em cobrança de tiro de meta, a bola viajou até o atacante, que dominou no peito, driblou Mercado, invadiu a área e fez de cobertura. Aos nove, o Inter empatou, quando Renê cruzou na medida para Borré fazer de cabeça. Pouco depois, o colombiano apareceu de novo, agora servindo Wesley, mas que ficou com pouco ângulo para finalizar.

O Inter, inclusive, manteve o ímpeto ofensivo e chegou bem novamente com Maurício, duas vezes, e Lucca. Aos 28, Gustavo Prado foi quem levou perigo, mas chutou por cima. Pouco depois, o meia apareceu novamente. Aos 32, Maurício cruzou para Borré, que finalizou bem, mas viu a zaga tirar em cima da linha. O Colorado forçou bastante na reta final, mas não conseguiu desempatar. Outra boa oportunidade foi uma cabeçada para fora de Lucas Alario.

Próximos compromissos

O Inter volta a campo agora na próxima quarta-feira (01), quando recebe o Juventude pela ida da terceira fase da Copa do Brasil, às 21h30. Já no fim de semana, o Colorado visita o Cruzeiro, em mais uma rodada do Brasileirão, no sábado (04), às 21h. O Atlético-GO, por sua vez, também encara o Juventude, mas pelo Brasileirão, na outra segunda-feira (06). Pelo mata-mata nacional, o Dragão mede forças com o Brusque, às 16h da quarta-feira.

INTERNACIONAL X ATLÉTICO-GO

Quarta rodada do Campeonato Brasileiro

Data: 28/04/2024, às 20h

Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)

INTERNACIONAL: Rochet; Bustos (Matheus Dias, aos 34'/2ºT) , Vitão, Mercado e Renê; Thiago Maia (Fernando, aos 34'/2ºT), Bruno Henrique (Gustavo Prado, aos 18'/2ºT) e Maurício; Wesley, Lucca (Alario, aos 18'/2ºT)  e Borré Técnico: Eduardo Coudet

ATLÉTICO-GO: Ronaldo; Bruno Tubarão, Adriano Martins, Alix Vinicius e Guilherme Romão; Rhaldney, Roni e Shaylon; Maguinho (Max, aos 43'/2ºT) , Luiz Fernando (Alejo Cruz, aos 43'/2ºT) e Emiliano Rodríguez (Derek- Intervalo) Técnico: Jair Ventura

Gols: Derek, aos 4'/2ºT (0-1) e Borré, aos 9'/2ºT (1-1)

Árbitro: Edina Alves Batista (FIFA-SP)

Assistentes: Neuza Ines Back (FIFA-SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (FIFA-SP)

VAR: Daiane Muniz (FIFA-SP)

Cartões amarelos: Ronaldo, Rhaldney, Roni e Derek (ACG)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade