PUBLICIDADE

Em meio à tragédia no RS, presidente do Grêmio critica sequência do Brasileirão

Alberto Guerra descarta movimentação para retomada do futebol no Rio Grande do Sul: 'Estamos em uma fase de sobrevivência e de ajudar o próximo'

7 mai 2024 - 22h54
(atualizado em 8/5/2024 às 16h55)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Reprodução/Sportv - Legenda: Alberto Guerra, presidente do Grêmio / Jogada10

"Futebol é festa, alegria, uma expressão da cultura brasileira. E me sinto agredido vendo comemorar gol em outros estados e a gente sofrendo, corpos boiando, as pessoas morrendo. Muito grave o que estamos fazendo. Não sei onde vamos treinar, jogar. Juro que hoje (terça-feira)isso pouco importa. Estamos em uma fase de sobrevivência e de ajudar o próximo", avaliou o dirigente.

Na tarde desta terça, tanto CBF quanto Conmebol anunciaram a suspensão de partidas das equipes gaúchas em suas competições. O calendário brasileiro dos times de Porto Alegre e do interior, aliás, recomeça a partir do dia 27 de maio. Em relação à Libertadores, o jogo do Grêmio no dia 15 frente ao Estudiantes sofreu alteração de data.

Para piorar o quadro atual, o Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, também sofre com alagamentos. Isso resultou na suspensão de voos até 30 de maio.

Em meio à situação que acomete o Rio Grande do Sul, Palmeiras, São Paulo e Flamengo se prontificaram nesta terça a emprestar suas estruturas para a dupla Gre-Nal e o Juventude retomarem os treinos.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook .

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade