1 evento ao vivo

Após saída de Martino, Julio Olarticoechea comandará Argentina no Rio 2016

6 jul 2016
15h12
  • separator
  • comentários

Após perder o título da Copa América Centenário para o Chile, nos pênaltis, o treinador Gerardo Martino pediu demissão do cargo na última terça-feira. Nesta quarta, porém, a Federação Argentina (AFA) agiu rápido e anunciou o nome do treinador que irá comandar os "hermanos" na disputa dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro: Julio Olarticoechea.

Em comunicado oficial, a AFA anunciou que Julio será o técnico da equipe na disputa dos Jogos, e que a seleção começará os trabalhos para a disputa da competição no próximo dia 11 de julho. Olarticoechea comandava a seleção sub-20. Nesta quinta-feira, o novo comandante concederá sua primeira entrevista coletiva.

Ex-jogador, Olarticoechea atuou nos dois maiores times da Argentina: Boca Juniors e River Plate, além de Racing e Argentinos Juniors. O zagueiro também jogou com a camisa da seleção nacional, e disputou as Copas do Mundo de 1982, 1986 e 1990 - sendo campeão mundial em 1986, ao lado de Diego Maradona.

Olarticoechea chega ao comando da Argentina em uma situação nada agradável. Após o maior craque do time, Lionel Messi, anunciar que não estaria disposto a continuar defendendo a seleção, o técnico Gerardo Martino pediu dispensa do cargo.  O presidente do Comitê Olímpico Argentino, Gerardo Werthein, chegou a afirmar, à Rádio Mitre, que a Argentina poderia não participar da competição por conta de problemas com as liberações dos clubes.

A Argentina está no Grupo D dos Jogos Olímpicos, ao lado de Portugal, Argélia e Honduras. Os hermanos conquistaram a medalha de ouro em duas oportunidades: 2004, com Tevez, D'Alessandro e Mascherano como maiores estrelas, e 2008, com Messi, Di María e Aguero.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade