PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Francesa

Meu time

Mesmo eliminada, Deschamps deve seguir no comando da França

A informação dada pelo jornal L'Équipe garante que a avaliação do trabalho de Deschamps será feita após a Copa do Mundo do Catar

30 jun 2021 11h20
| atualizado às 12h13
ver comentários
Publicidade

A França foi eliminada precocemente da Eurocopa ao cair nas oitavas de final para a Suíça, em disputa de pênaltis. No entanto, o técnico Didier Deschamps deve seguir no comando técnico da seleção francesa até a Copa do Mundo de 2022, pelo menos.

Deschamps após a eliminação da França na Eurocopa Federico Pestellini/Panoramic/Reuters
Deschamps após a eliminação da França na Eurocopa Federico Pestellini/Panoramic/Reuters
Foto: Federico Pestellini Panoramic / Reuters

A informação dada pelo jornal L'Équipe garante que a avaliação do trabalho de Deschamps será feita após a Copa do Mundo do Catar. Com o treinador, a França foi campeã mundial em 2018, na Rússia.

A participação da França nesta Eurocopa foi a pior desde que Deschamps assumiu o time, em 2012. A equipe de Paul Pogba foi eliminada nas quartas de final da Copa de 2014, chegou à final da Euro de 2016 e foi campeã mundial em 2018. O trabalho do treinador foi bastante questionado após a eliminação para a Suíça.

Após a partida, o treinador assumiu a responsabilidade pelo revés e disse que a França estava no "limite de suas forças". A seleção se despediu da Euro com uma vitória (Alemanha) e três empates (Hungria, Portugal e Suíça).

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade