PUBLICIDADE
Logo do Fortaleza

Fortaleza

Favoritar Time

Apesar de perder o título, Tinga exalta elenco do Fortaleza: "Sentimento de orgulho"

28 out 2023 - 20h34
Compartilhar
Exibir comentários

Perder uma final de campeonato nos pênaltis, após um companheiro desperdiçar a cobrança decisiva, que garantiria a conquista para a equipe, deixaria a grande maioria dos jogadores revoltada. Mas, Tite é diferente. Passada a decisão da Copa Sul-Americana contra a LDU, Tinga preferiu exaltar o elenco do Leão do Pici e rasgou elogios aos comandados do técnico Juan Pablo Vojvoda.

Foto: Gazeta Esportiva

"Acho que [ fica o sentimento] de orgulho, tenho que agradecer pela presença do torcedor, que fez um esforço tremendo, acreditou até o fim na gente. O torcedor sabe da nossa entrega, pênalti é detalhe. Temos que melhorar cada vez mais, ter ambição de estar na Sul-Americana de novo no próximo ano, tentar o título. É um time que está evoluindo, crescendo. Continuar trabalhando porque coisas boas vão vir ainda", disse Tinga ao SBT.

Neste sábado, o Fortaleza abriu o placar contra a LDU, tomou o empate e, após a igualdade no placar persistir na prorrogação, a final acabou sendo decidida nos pênaltis. Na marca da cal, Guerrero perdeu a primeira cobrança dos equatorianos, e o Leão do Pici teve a oportunidade de "matar o jogo" com Pedro Augusto, que também desperdiçou. Nas alternadas, a Liga de Quito virou a partida e acabou ficando com o título.

"Sei que todos estão tristes ali, mas é passageiro, assim como as vitórias também são passageiras. Sei que o que fica são títulos, mas temos que pensar no Brasileiro. Estou muito orgulhoso do meu time, por toda entrega durante a competição. Tivemos uma derrota só no campeonato. Dar os parabéns à LDU, que fez um grande jogo, equipe tradicional. Estamos de parabéns. Manter a cabeça boa, fazer uma boa viagem de volta para o Brasil e começar a pensar no Atlético-MG", completou Tinga.

Com o vice-campeonato da Copa Sul-Americana, o Fortaleza embolsou R$ 26,8 milhões em premiação da Conmebol. Caso fosse campeão, o clube receberia R$ 41,8 milhões, além de garantir a vaga na próxima edição da Copa Libertadores. Agora, o Leão terá de focar no Campeonato Brasileiro para, quem sabe, terminar no G6 e conseguir ao menos a vaga para as preliminares do principal torneio do continente.

O Fortaleza volta a entrar em campo na próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), contra o Atlético-MG, na Arena MRV, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade