PUBLICIDADE
Logo do Fluminense

Fluminense

Favoritar Time

Fluminense: Fernando Diniz condena gramado sintético antes de jogo com Palmeiras e não descarta poupar elenco

Treinador comemorou vitória do Tricolor sobre o Santos

29 nov 2023 - 23h54
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Lance!

Foto: Lance!

Técnico do Fluminense, Fernando Diniz ficou satisfeito com o desempenho de sua equipe na vitória por 3 a 0 sobre o Santos, na Vila Belmiro. Em coletiva, o comandante demonstrou compromisso total com o Campeonato Brasileiro.

- Eu gostei do time, principalmente nos 30 primeiros minutos iniciais. No primeiro tempo, a gente já diminuiu um pouco o ritmo, poderíamos ter acelerado um pouco mais. O nosso jogo encaixou, tinha muita aproximação e conseguimos desenvolver a ideia que queríamos. Na parte final, o Santos voltou melhor, teve chance de marcar, mas conseguimos nos reencontrar, fizemos o terceiro gol e poderíamos ter feito o quarto. Mas fiquei contente com o time.

Na 37ª rodada da Série A, o Time de Guerreiros encara o Palmeiras, no Allianz Parque, e comentou sobre jogar em campo de gramado sintético. O treinador não descartou poupar o elenco por conta do medo de lesões na equipe às vésperas da estreia no Mundial de Clubes, em que o Tricolor joga no dia 18 de dezembro.

- Eu acho que oferece mais riscos, não gosto do advento do campo de grama sintética. Não é o melhor para os jogadores. Sou a favor do que é melhor para os jogadores. Não favorece, muda o jogo. E os riscos de lesão aumentam., Tem uma corrida no mundo para que os campos de grama sintética sejam abolidos, e sou a favor de que a gente tenha um campeonato jogado somente com grama natural.

Com 56 pontos conquistados, o Fluminense ocupa a 7ª colocação do Campeonato Brasileiro e busca encerrar da melhor maneira possível visando a premiação da competição. Além do Palmeiras, o Tricolor fecha sua participação no torneio diante do Grêmio, no Maracanã.

VEJA OUTRAS RESPOSTAS DE FERNANDO DINIZ:

COMPROMETIMENTO COM O BRASILEIRÃO

- Temos um compromisso muito grande com o futebol, com a ética do jogo. Depois que terminamos a Libertadores, nos comprometemos a fazer o melhor possível. Estava um pouco mais difícil, pois a atenção do time era muito voltada para a Libertadores. Não estava nem com a cabeça dividida, mas muito inclinada para a conquista inédita da Libertadores. Nesse momento, falamos que procuraríamos entregar tudo e que seria uma boa maneira de nos preparar para a estreia do Mundial.

PALMEIRAS

- Independentemente de ganhar, perder ou empatar, vamos tratar de fazer o melhor pro Fluminense. Vamos buscar a vitória do começo até o final do jogo, em qualquer campo com os jogadores que entrarem em campo.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade