0

Na briga entre cariocas e paulistas, Fla equilibra o jogo

10 set 2019
11h05
  • separator
  • 0
  • comentários

Já não é novidade que, no Rio, o Flamengo vem deixando gradativamente seus três rivais para trás. Tudo isso, claro, por causa, da saúde financeira do clube. Em comparação ao quarteto paulista, o Rubro-Negro abre vantagem, no Brasileiro, e vê esses adversários numa escadinha rara – Santos, Palmeiras, Corinthians e São Paulo, nesta ordem, ocupam os 2º, 3º, 4º e 5º lugares da competição.

Portanto, na ‘briga’ particular entre os grandes de Rio e São Paulo, no principal campeonato do País, o Flamengo é um fator de equilíbrio. Isso se dá em razão das posições de Botafogo (10º), Vasco (15) e Fluminense (17º).

Há, portanto, um disparate entre os paulistas e seus rivais. Excetuando-se a produção do Flamengo nos últimos anos, essa distância seria maior ainda. Ano passado, o Palmeiras foi o campeão e o Rubro-Negro acabou como vice.

Em 2017, o título ficou com o Corinthians. O Palmeiras terminou em segundo e o Santos em terceiro. O melhor carioca naquele Brasileiro foi, mais uma vez, o Flamengo, em 6º lugar. Em 2016, o Palmeiras ganhou o campeonato, o Santos teve de se contentar com o vice e o time da Gávea ‘subiu ao pódio’ com a terceira posição.

Se recorrermos a 2015, ano em que os cariocas estiveram muito mal no Brasileiro, ainda assim teremos o Flamengo como o mais bem classificado de seu Estado – em 12º - daquela vez atrás dos quatro grandes de São Paulo. O Corinthians se sagrou campeão, o São Paulo chegou em 4º, o Santos em 7º e o Palmeiras em 9º.

Agora, em 2019, embora o Brasileiro ainda esteja na sua primeira parte, o desenho da tabela indica que o Flamengo mais uma vez vai se impor sobre Fluminense, Vasco e Botafogo e que os quatro times paulistas de peso devem continuar entre os mais bem pontuados até o final.

Veja também

 

Fonte: Silvio Alves Barsetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade