PUBLICIDADE
Logo do

Flamengo

Meu time

Ao L!, Vitinho comenta trajetória no Flamengo e avisa: 'Quero continuar conquistando títulos'

Em entrevista exclusiva, Vitinho revelou que ainda deseja disputar mais um Mundial de Clubes e conquistar a Copa do Brasil

20 out 2021 07h04
| atualizado às 07h04
ver comentários
Publicidade

Em 2018, quando chegou ao Flamengo, Vitinho realizou o "sonho de moleque" de vestir a camisa e defender as cores do clube de coração. Três anos depois, o meia-atacante conquistou nove títulos, sendo sendo uma Libertadores e dois Brasileiros. Com mais bagagem na carreira, o jogador, em entrevista ao LANCE! comentou a trajetória no Rubro-Negro e ressaltou que sempre esteve cercado de pessoas "vencedoras e ambiciosas".

Vitinho não escondeu a vontade de conquistar a Copa do Brasil (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Vitinho não escondeu a vontade de conquistar a Copa do Brasil (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Foto: Lance!

- O sonho sempre foi de ganhar títulos. Mas o jeito com que tudo aconteceu tornou tudo muito especial. Estar cercado de pessoas vencedoras e ambiciosas alimenta o desejo de sempre querer vencer - contou Vitinho.

A coleção de títulos, inclusive, pode aumentar. Na noite desta quarta-feira, o Flamengo enfrenta o Athletico-PR na Arena da Baixada, às 21h30, pelo jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil. O confronto da volta está marcado para semana que vem, no mesmo horário.

O título, vale lembrar, seria inédito para essa geração do Flamengo que se consolidou em 2019. Até aqui, a equipe conquistou Campeonato Carioca, Brasileirão, Supercopa do Brasil e Recopa Sul-Americana, mas bateu na trave na competição nacional. Dessa forma, Vitinho revelou que ainda deseja disputar mais um Mundial de Clubes e vencer a Copa do Brasil.

- Quero continuar conquistando títulos. Ainda não ganhamos a Copa do Brasil desde que cheguei, então seria muito bacana. E, quem sabe, ter mais uma chance de disputar o título mundial - finalizou.

Na temporada, Vitinho já soma 12 gols, quarta melhor maraca do time, e 13 assistências, melhor marca do time ao lado de Arrascaeta. Em alta com Renato Gaúcho, o jogador será uma das armas à disposição do técnico para que o Flamengo saia com o resultado positivo de Curitiba nesta noite.

Lance!
Publicidade
Publicidade