PUBLICIDADE
Logo do

Figueirense

Favoritar Time

No Orlando Scarpelli, Figueirense e Remo empatam sem gols pela Série C

Resultado ajuda o time catarinense a manter-se entre os líderes, mas prejudica planos do Leão de chegar ao G8

27 jun 2022 - 22h45
(atualizado às 22h45)
Ver comentários

Em partida única disputada na noite desta segunda-feira (27), pela 12ª rodada do Brasileirão Série C, Figueirense e Remo mediram forças no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Mesmo com os dois times buscando o gol a todo momento, o placar acabou não sofrendo alterações para frustração de ambas as torcidas.

Figueirense e Remo empataram em partida válida pela Série C do Campeonato Brasileiro (Foto: Samara Miranda/Remo)
Figueirense e Remo empataram em partida válida pela Série C do Campeonato Brasileiro (Foto: Samara Miranda/Remo)
Foto: Lance!

Com o resultado, a equipe catarinense chegou aos 19 pontos, ficando na 6ª colocação, enquanto a equipe paraense, por conta do tropeço fora de casa, chegou aos 17 pontos, porém ficando fora do G8, na 10ª posição.

Primeiro tempo

Fazendo valer o fator casa, a equipe do Figueirense teve melhor início de jogo. Até meados dos 25 minutos, teve boas chances com Rodrigo Bassani e Zé Mário, porém com o Remo também conseguindo aparecer algumas vezes no decorrer da etapa, mas também desperdiçando oportunidades como a de Vanílson, que assustou o goleiro Wilson.

Na sequência, os catarinenses passaram a ditar um pouco mais o ritmo. Até os acréscimos, chegando novamente em seu campo de ataque, focou em jogadas aéreas, além de alguns chutes de fora, exigindo atenção de Vinícius que conseguiu evitar as investidas do rival.

Segundo tempo

Adotando uma postura diferente na etapa complementar, foi a vez do Remo ir para cima do Figueira. Logo nos primeiros movimentos, Rodrigo Pimpão levou perigo, mas sem sucesso em sua finalização.

Não permitindo que o Leão crescesse em campo, o treinador do time mandante promoveu algumas trocas. Porém, mesmo com as alterações, viu Wilson trabalhar em lances como os de Daniel Felipe, mandando de cabeça, além do chute de Fernandinho, que fez o arqueiro mostrar que estava atento a cada chegada.

Passado o momento de pressão, o Figueirense voltou a ditar as ações em campo, conseguindo manter o ritmo até o fim. Entre algumas chegadas, a melhor foi de Andrew, que perdeu grande oportunidade de tirar o zero do marcador com o goleiro Vinícius fazendo boa defesa. Já nos acréscimos, apesar da insistência dos donos da casa, poucos foram os lances de perigo, dando a deixa para o árbitro encerrar o duelo em Florianópolis.

Lance!
Publicidade
Publicidade