6 eventos ao vivo

Jornal detona Barça: "maior vergonha de todos os tempos"

8 mai 2019
13h28
atualizado às 14h56
  • separator
  • 18
  • comentários

As imprensas espanhola e catalã foram implacáveis depois da derrota do Barcelona para o Liverpool na semifinal da Liga dos Campeões por 4 a 0, que tirou o time da decisão anulando a vantagem de 3 x 0 da partida de ida.

Lionel Messi durante derrota do Barcelona para o Liverpool na Liga dos Campeões
07/05/2019 REUTERS/Phil Noble
Lionel Messi durante derrota do Barcelona para o Liverpool na Liga dos Campeões 07/05/2019 REUTERS/Phil Noble
Foto: Reuters

"A maior vergonha de todos os tempos", estampou a capa do jornal Sport de Barcelona no alto son fundo preto depois da derrota pelo placar agregado de 4 x 3. "O Barça escreve a página mais sombria de sua história".

"Um fracasso histórico", disse o Marca, listando todos os fatores a favor do Barcelona antes do jogo, o que agravou a dimensão de seu fiasco e privou Lionel Messi da chance de erguer o troféu que mirava claramente no início da temporada.

"Ele estavam 3 x 0 na frente, os astros do Liverpool estavam contundidos, a liga estava ganha, a final é em Madri, o Real Madrid já estava fora e eles tinham o melhor jogador do mundo".

Foram traçados paralelos com a capitulação assombrosamente semelhante do Barça na competição da temporada passada diante da Roma nas quartas-de-final, quando os espanhóis foram eliminados pelos gols fora de casa depois de uma derrota de 3 x 0 na Itália vinda na esteira de uma vitória de 4 x 1.

Luis Suárez e Sergio Busquets pediram desculpas aos torcedores depois do jogo, assim como o técnico Ernesto Valverde, e ficou a sensação de que o treinador pode não sobreviver a seu novo fracasso europeu, apesar de conduzir o time ao domínio do campeonato nacional.

"A Liga dos Campeões é grande demais para Valverde", disse um editorial do Sport.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 18
  • comentários
publicidade