PUBLICIDADE
Logo do Seleção da Croácia

Seleção da Croácia

Favoritar Time

Técnico da Croácia admite favoritismo do Brasil, mas se diz confiante: "Não temos medo"

O técnico Zlatko Dalic falou nesta terça-feira, 6, sobre o confronto contra a Seleção Brasileira

6 dez 2022 - 08h16
(atualizado às 10h54)
Compartilhar
Exibir comentários
Técnico da seleção da Croácia, Zlatko Dalic, durante partida contra o Japão pelas oitavas de final da Copa do Mundo do Catar 05/12/2022
Técnico da seleção da Croácia, Zlatko Dalic, durante partida contra o Japão pelas oitavas de final da Copa do Mundo do Catar 05/12/2022
Foto: REUTERS/Dylan Martinez

Depois de superar o Japão nos pênaltis e avançar às quartas de final da Copa do Mundo de 2022, a Croácia terá a Seleção Brasileira pela na frente. Nesta terça-feira, 6, o técnico Zlatko Dalic falou sobre o confronto com o Brasil. O comandante admitiu o favoritismo dos brasileiros, mas ressaltou que os croatas não vão se intimidar.

"O Brasil é o favorito nesse jogo. Eles estão com uma grande atmosfera no time, têm grandes jogadores, além disso o Neymar voltou de lesão. Mas acreditamos que, se formos inteligentes, podemos enfrentar. Claro que não podemos nos abrir tanto, mas não podemos ficar também só se defendendo", disse.

"O Brasil é o melhor time da Copa do Mundo. Eles têm um time brilhante, um grande elenco. Estão jogando um futebol aberto, ofensivo, possuem muita qualidade, velocidade, então temos que nos preparar bem. Não temos medo. Temos confiança depois das boas performances que tivemos até agora", completou.

Dalic acredita que o embate com a Seleção será diferente de todos os outros jogos que a Croácia disputou neste Mundial, mas voltou a ressaltar que a Croácia não é uma zebra e também vai jogar futebol.

"O jogo contra o Brasil será diferente de todos que jogamos até agora na Copa do Mundo, porque o Brasil vai querer jogar, e não apenas se defender. Será diferente de todos os times que enfrentamos no Mundial até agora. Queremos aproveitar o jogo e essa oportunidade. Vamos jogar contra o Brasil em uma Copa do Mundo. Não fica melhor do que isso. Claro que queremos chegar à final, então não vamos nos render antes do jogo começar, obviamente. Queremos jogar futebol e enfrentar o Brasil", analisou.

"Queremos jogar uma boa partida. Vamos analisá-los muito bem e vamos conversar com os jogadores que atuam contra os brasileiros em seus clubes para saber como jogar melhor contra eles. Não será um jogo 50%/50%, mas também não somos uma grande zebra. Nosso plano é jogar bem contra o Brasil", finalizou.

Brasil e Croácia se enfrentam na sexta-feira, às 12 horas (de Brasília), no Estádio da Cidade da Educação, pelas quartas de final da Copa do Mundo de 2022.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade