3 eventos ao vivo

Para volante, vitória do Lara sobre o Timão deixaria a Venezuela toda feliz

22 mai 2019
18h06
atualizado às 18h07
  • separator
  • 0
  • comentários

O Deportivo Lara é a Venezuela na Copa Sul-Americana? Para o volante David Centeño sim. Para o camisa 10 da equipe venezuelana, uma vitória sobre o Corinthians nesta quinta-feira traria felicidade a todo o país, que sofre com crise política e econômica.

Para o volante de 26 anos, o Lara representa todos os venezuelanos, inclusive os que não torcem para o time.  "Amanhã toda a Venezuela estará conosco e estará apoiando o Deportivo Lara nesse jogo", garantiu Centeño em coletiva nesta quinta-feira.

O zagueiro Marcos Miers reforçou a importância da classificação para o país e disse que o objetivo do Lara nesta quinta-feira será "levar a decisão para a Venezuela e tentar a classificação, que seria tão importante para nós e para a Venezuela".

Centeño, que não enfrentou o Corinthians pelo Lara em 2018, disse que as derrotas sofridas não têm importância para o jogo desta quinta-feira. "Ano passado já foi, agora somos outros jogadores. 70% do time é outro. Temos outra ambição e não pensamos no que já foi".

Corinthians e Deportivo Lara se enfrentam a partir desta quinta-feira, às 19h15 (de Brasília), na Arena de Itaquera, pela segunda fase da Copa Sul-Americana. Em 2018, os times se encontraram na fase de grupos, com duas vitórias corintianas: 2 a 0 no primeiro jogo, em São Paulo, e 7 a 2 no segundo, na Venezuela.

*Especial para a Gazeta Esportiva

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade