0

Henrique admite necessidade do Corinthians vencer no Mineirão

14 nov 2018
07h07
  • separator
  • comentários

O Cruzeiro já tem vaga garantida na Copa Libertadores do ano que vem e ocupa a nona colocação na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Ou seja, a partida dessa quarta-feira, contra o Corinthians, pouco importa para os planos da Raposa. Situação oposta ao rival alvinegro, que está a três pontos da zona de rebaixamento e precisa de pontos para fugir de vez do Z4.

O elenco corintiano está ciente da situação e admite ter de tomar a iniciativa em pleno Mineirão nessa 34ª rodada. A costumeira satisfação com o empate fora de casa não basta dessa vez.

"A gente está pensando em somar. Claro que é uma equipe difícil. A gente vai no intuito de buscar a vitória, respeitando o Cruzeiro, mas, diante da situação, do momento, estamos indo para lá, sim, pensando numa vitória. A gente sabe que também depois temos dois confrontos diretos em casa, mas até lá temos de fazer nosso dever que é buscar os pontos", afirmou o zagueiro Henrique.

"A gente vai para lá esperando um jogo difícil, complicado. O Cruzeiro tem um grande elenco, mas a gente sabe da nossa força. Eles jogam sem responsabilidade e a gente sabe da dificuldade de enfrentar eles lá. Estamos preparados", continuou.

Corinthians precisa se vingar do Cruzeiro para se afastar do Z4

Andrés está na Europa em busca de reforços para o Corinthians

Henrique culpa arbitragem por situação de risco do Corinthians

A irritação com a arbitragem pelos últimos acontecimentos ainda não passou. Mesmo assim, a postura da equipe contra o São Paulo durante o segundo tempo do clássico de sábado, quando o time ficou com um a menos, serve de inspiração para o confronto com os algozes do Timão na Copa do Brasil.

"Acredito que a postura do time, sim, vai mudar. A capacidade do time, da força que tem, isso, sim, foi um divisor. Isso, sim, temos de levar. Isso que temos de manter para esses últimos cinco jogos", avisou Henrique.

O Corinthians não terá Araos e Carlos nessa quarta, e Jair Ventura resolveu não relacionar Jonathas, Sheik, Díaz e Mantuan. Douglas e Avelar retornam à titularidade. Assim, a pressionada equipe do Parque São Jorge vai a campo com: Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Pedrinho, Jadson e Romero; Danilo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade