PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Corinthians: Duílio descarta Cavani e fala de Diego Costa

Presidente concedeu entrevista coletiva após o primeiro ano de mandato e abordou a tentativa de contratação do uruguaio

12 jan 2022 15h20
| atualizado às 15h46
ver comentários
Publicidade

Na tarde desta quarta-feira (12), o presidente do Corinthians, Duílio Monteiro Alves, ao lado de José Colagrossi, superintendente de marketing, e Wesley Melo, diretor financeiro do clube, concedeu entrevista coletiva no CT Joaquim Grava, que marcou o início da temporada, bem como o segundo ano da nova gestão.

Presidente do Corinthians em coletiva com a imprensa (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Presidente do Corinthians em coletiva com a imprensa (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Foto: Lance!

O principal tema tratado por Duílio foi Édinson Cavani. O atacante uruguaio passou a ser especulado desde dezembro, e se tornou o principal desejo da torcida. O mandatário admitiu a sondagem e formas de tornar o negócio uma realidade.

"Existiu uma sondagem ao Cavani, nada além disso. Se eu falo que nunca falamos com o Cavani e lá na frente aparece alguma coisa, fui mentiroso. Se assumo que falei, muitos colegas levam para a chacota. O Corinthians realmente tentou. O clube procurou alternativas, não porque a gente é responsável, mas porque temos patrocinadores, e novas propriedades. Existe trabalho, existe esforço, existe criatividade. Ninguém aqui é irresponsável", afirmou.

Ele completou a resposta dizendo que hoje, é improvável que o atacante venha para o Brasil, mas reafirmou o desejo do clube em contar com um novo centroavante.

"O Corinthians conversou com o Cavani. Existe um contrato vigente, só conversou porque ele está nos seis meses de pré-contrato. Para mim, é algo muito difícil, mas tenho que tentar. Hoje acho praticamente impossível, o Manchester não deve liberar, tem a palavra do treinador, a posição do clube, mas seguimos nossa busca. O corintiano pode ter certeza de que, na hora certa, com muita responsabilidade, vamos trazer um camisa 9 à altura do nosso time", disse o presidente.

Com a possibilidade de Cavani atuar no Time do Povo cada vez mais distante, o foco da diretoria no mercado segue sendo um "camisa 9 de peso". A negativa do uruguaio deve fazer o Corinthians buscar outros nomes, e Diego Costa entrou na pauta do clube.

Perguntado sobre o atacante naturalizado espanhol, que encaminhou sua rescisão contratual com o Atlético-MG, Duílio negou contato com Diego Costa, e pregou cautela na busca por um novo centroavante.

"Com o Diego Costa nunca conversei, ele tem contrato com o Atlético-MG. O que sair de diferente disso, não é verdade. Tem muitos centroavantes no mercado. Com um patrocinador nos ajudando nesta busca, o mercado fica muito grande. Temos procurado com cautela", pregou o mandatário.

Ele frisou que já propôs ao marketing do clube o perfil de centroavante desejado, mas não deu uma data-limite para a sonhada contratação.

"Não dá para colocar um prazo, não tem também um alvo definido. O perfil eu coloquei, de jogador que tenha marketing, tenha nome. A gente conta com parceiros em termo de salários, não de compra, participações em direitos, até porque é proibido pela Fifa".

Mesmo sem uma data definida, Duílio espera que até junho o Corinthians possa apresentar para a Fiel seu novo camisa 9. Ele reafirmou sua confiança no elenco para o inicio das competições.

"Nossa ideia não é esperar o meio do ano, temos competições importantes, Libertadores e Brasileiro iniciam em abril. O Paulista para nós também é importante. Vamos fazer as coisas com calma, quando tiver uma certeza, um nome que agrade e que se encaixe nessa parte de marketing. Não dá para colocar prazo nem há desespero, temos jogadores de qualidade que podem entregar o que o Corinthians precisa no momento. Reforçar essa posição é uma prioridade e todos sabem, mas sem colocar prazo e expectativa na torcida",ponderou.

Lance!
Publicidade
Publicidade