PUBLICIDADE
Logo do Confiança

Confiança

Favoritar Time

Confiança vence o Sergipe nos pênaltis e é campeão Sergipano

O Confiança empatou sem gols com o Sergipe na final do Campeonato Sergipano e conquistou o título após vencer nos pênaltis por 5 a 4

13 abr 2024 - 18h51
(atualizado às 18h51)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Mikael Machado/Confiança / Esporte News Mundo

Na tarde deste sábado (13), Confiança e Sergipe empataram sem gols no estádio Batistão, pela jogo de volta da grande final do Campeonato Sergipano. Nos pênaltis, o Dragão venceu por 5 a 4 e conquistou o seu 23º título estadual.

Além do título estadual, o Confiança também conquistou vaga direta na fase de grupos da Copa do Nordeste de 2025. As duas equipes já se garantiram na Copa do Brasil do ano que vem por terem chegado a final.

Em campo, o Confiança começou melhor e buscava o ataque com mais intensidade. Contudo, a equipe demorou a chegar no gol e a primeira finalização só veio aos 21, com Betinho, em chute perigoso tirando tinta da trave de Igor Leonardo. O Sergipe ensaiou uma reação e chegou a rondar a área do Dragão, mas sem sustos.  

Para saber tudo sobre o Confiança, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

O lance de mais impacto na primeira etapa veio aos 32 minutos, quando Fábio cometeu falta em Yuri e depois de checar o VAR, o árbitro Fábio Augusto Santos Sá decidiu expulsar o volante do Dragão. 

Na etapa final, o Sergipe voltou pressionando aproveitando a vantagem numérica. Mesmo com um homem a mais em campo, o Gipão demorou a chegar ao ataque. Aos 27 minutos, Felipinho cruzou na área e Erivelton mandou de cabeça para o gol, mas Diego Ivo salvou em cima da linha.  

Nos acréscimos, a partida ganhou em emoção. Aos 47 minutos, André Lima arriscou um chute e quase colocou o Dragão em vantagem. No minuto seguinte, Erivelton cruzou na área, Jeferson Souza cortou mal, a bola sobrou com Arthur Santos que mandou de cabeça para o gol, mas Felippe Borges cortou em cima da linha. 

PÊNALTIS

O Sergipe começou batendo e perdeu a primeira cobrança com Diego Aragão. Na sequência, Claudinho, Betinho e Ryan converteram para o Dragão, enquanto Arthur Santos, Natan e Ian Barreto marcaram para o Gipão. O Confiança teve a chance de fechar o placar, mas Leo parou em Igor Leonardo. Wallace Obina e Luizinho converteram cada um, levando para a disputa alternada. Erivelton parou nas mãos de Jeferson Souza e André Lima converteu a última penalidade e garantiu o título para o Confiança.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade