PUBLICIDADE

Sanchez pede espírito argentino ao Chile para vencer Brasil

26 jun 2014 15h01
| atualizado às 15h08
ver comentários
Publicidade
<p>Sanchez aposta em vitória histórica contra o Brasil</p>
Sanchez aposta em vitória histórica contra o Brasil
Foto: Getty Images

Alexis Sanchez afirmou que o Chile precisa mudar a sua mentalidade para poder superar o Brasil, neste sábado,  no Mineirão, pelas oitavas de final da Copa do Mundo. O camisa 9 afirmou que é hora de manter a cabeça erguida e declarou que a seleção chilena irá vencer os donos da casa.

De acordo com o jogador do Barcelona, a vitória sobre a Espanha na primeira fase ajudou a mudar a “mentalidade”, como salientou inúmeras vezes durante a entrevista coletiva.

“Vamos ganhar a partida. Viemos ao Mundial para fazer história e já dissemos isso quando derrotamos a Espanha, a atual campeã do mundo. Mas tivemos um tropeço contra a Holanda e agora no sábado podemos vencer o Brasil. Saíremos para ganhar desde o primeiro minuto”, completou.

"Se não estivesse convencido, volto para o meu quarto, pego a mala e retorno ao Chile. Às vezes nos falta crer mais. Os argentinos sempre creem que podem ser campeões do mundo. E nos falta querer dar essa alegria ao Chile", desabafou. 

A Seleção Brasileira tem uma vantagem enorme sobre o Chile em duelos de Copa do Mundo. Os pentacampeões venceram em 1962 (4 a 2), pelas semifinais; em 1998 (4 a 1) e 2010 (3 a 0), ambas pelas oitavas de final.

De acordo com Sanchez, o Chile tem alterado a sua mentalidade desde a chegada do argentino Jorge Sampaoli. O ex-treinador da Universidad de Chile trouxe uma nova forma de abordar os jogos contra as grandes seleções.

“O chileno nunca teve fé contras as grandes potências. Temos eu manter a mentalidade de Gary Medel e Arturo Vidal, que é uma mentalidade de vencedor. Mauricio Isla é um dos melhores laterais do mundo. Me sinto orgulhoso dos meus companheiros e queremos seguir fazendo história”, completou. 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade