1 evento ao vivo

Avaí vence a Chape na Ressacada e assume a ponta do Catarinense

27 fev 2019
22h30
atualizado às 22h30
  • separator
  • 0
  • comentários

O Avaí alcançou a liderança do Campeonato Catarinense nesta quarta-feira. Em confronto direto pela ponta e válido pela nona rodada, a equipe de Geninho teve uma atuação segura na defesa para derrotar a Chapecoense na Ressacada por 1 a 0, com gol do zagueiro Ricardo Thalheimer.

Com o resultado, o Avaí conquista a quarta vitória nos últimos quatro jogos, chega aos 20 pontos e assume provisoriamente a ponta, já que o Figueirense, vice-líder, desconta sua partida a menos na próxima quarta-feira, quando enfrenta o Marcílio Dias. A Chape, por sua vez, perdeu a segunda consecutiva, estaciona nos 18 pontos e cai para a terceira colocação.

Na próxima rodada, a Chapecoense mede forças com o Metropolitano, neste sábado, às 19 horas (de Brasília), na Arena Condá. Um dia depois, às 17 horas, o Avaí enfrenta o Joinville, novamente na Ressacada.

O Jogo - Apesar de brigado, o começo da partida teve as duas equipes terminando suas tramas ofensivas com arremates. Em cruzamento de Márcio Araújo, Edcarlos cabeceou sozinho para boa intervenção de Lucas Frigeri. O troco do Avaí veio com o volante Pedro Castro, que invadiu a área e bateu para defesa de João Ricardo.

Mantendo o ritmo acelerado da partida, o Avaí foi premiado com um gol aos 33 minutos, quando o zagueiro Ricardo Thalheimer ficou com a sobra na área, mostrou cacoete de atacante, limpou a marcação com um belo corte e bateu forte para estufar as redes. A resposta da Chape não tardou, mas Joílson viu Frigeri espalmar bola na trave em cabeçada no ângulo, salvando os donos da casa.

Buscando uma reação o quanto antes, o Verdão do Oeste voltou melhor no segundo tempo, mas ansioso e com pouca eficiência no último passe teve dificuldades para assustar o adversário, que, satisfeito com o empate, pouco produzia ofensivamente.

Com o passar dos minutos, a Chapecoense foi se irritando e passou a abusar das bolas longas e alçadas na área. Nervosa, a equipe de Claudinei Oliveira viu o preparador de goleiros André Corda ser expulso e o Avaí ameaçar matar a partida nos contragolpes sem sucesso. Apesar disso, a equipe da casa administrou o resultado para conseguir a magra, mas importante vitória diante de sua torcida.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade