PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Brasileira

Meu time

Daiane projeta período de preparação proveitoso na Seleção

Zagueira destacou que a renovação presente no elenco e a receptividade encontrada na Paraíba farão com que Brasil tenha um ciclo proveitoso

15 set 2021 09h56
ver comentários
Publicidade

Nesta semana, a Seleção Brasileira feminina de futebol se apresentou para iniciar oficialmente o período de preparação na Data Fifa, que se estende até a próxima terça-feira. Ao longo da janela, as convocadas pela técnica sueca Pia Sundhage disputarão dois amistosos contra a Argentina - nesta sexta, em Campina Grande (PB), na segunda, em João Pessoa.

Zagueira Daiane durante treino em João Pessoa para enfrentar Argentina em amistoso Divulgação CBF
Zagueira Daiane durante treino em João Pessoa para enfrentar Argentina em amistoso Divulgação CBF
Foto: Divulgação / CBF

Animada com os desafios que estão por vir, Daiane exaltou a rivalidade envolvida no clássico sul-americano. Aos 24 anos, a zagueira também destacou que a renovação presente no elenco e a receptividade encontrada na Paraíba, sede da concentração, farão com que o Brasil tenha um ciclo proveitoso pela frente.

"Jogar contra a Argentina nunca é só um amistoso, sempre tem aquela rivalidade, aquela disputa. É um jogo especial de ser jogado, gostoso. A gente ama fazer esse tipo de amistoso, porque exige muito da gente. É uma preparação boa, um teste importante, principalmente porque temos muitas meninas novas. Acho que a Pia vai fazer bastante testes e veremos uma outra cara na seleção", projetou Daiane, antes de se debruçar sobre o processo de renovação.

"O clima que a gente está é um clima de renovação, de ajuste de detalhes. Estamos tentando consertar os pequenos erros. Acredito que não foram muitos. Acho que essa renovação vai trazer um ar novo para a gente e novas forças para os próximos objetivos que não estão longe. A renovação é importante, assim como manter a essência, com as meninas mais experientes. É interessante elas passarem essa experiência para a gente, porque precisamos. Para mim, não tem tantas meninas novas, já joguei com algumas na Sub-20, então estou bem à vontade com elas e feliz de estar participando", completou a defensora.

Recuperada de um período turbulento de lesões consecutivas e de clube novo na Europa, o Madrid CFF, Daiane quer iniciar uma nova etapa na seleção brasileira. Para isso, a jogadora projeta se especializar também na função de lateral, a fim de se tornar uma atleta polivalente e, consequentemente, aumentar suas chances de se tornar uma figura recorrente nas convocações de Pia Sundhage

"Quero trabalhar para fazer essas duas posições (também a lateral). Já tenho começado esse trabalho no clube. E como a Pia fala, acho importante sempre a gente poder fazer uma posição a mais. Isso nos dá vantagem, em jogos e competições curtas, onde o tempo de recuperação é menor, onde a lista de atletas também é reduzida. Então é superimportante, quero estar preparada e disposta se a Pia precisar de mim. A gente tem a Tamires, que é um fenômeno, mas também quero estar ali, para o que der e vier e sempre ajudando a seleção", explicou a jogadora.

 

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade