1 evento ao vivo

Brasil volta à Granja com recepção mínima e temor com Neymar

30 jun 2014
12h43
atualizado às 13h06
  • separator
  • 0
  • comentários

Depois de curtir um dia de folga após a classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo, diante do Chile, a Seleção Brasileira se reapresentou na base aérea do Rio de Janeiro por volta das 11h e chegou rapidamente à Granja Comary, em Teresópolis, cerca de uma hora depois. Diferente dos outros dias, a recepção não foi tão calorosa, com cerca de 80 torcedores no portão de entrada que dá acesso ao condomínio onde está localizado o centro de treinamento brasileiro.

Ônibus da Seleção Brasileiro chegou rapidamente à Granja Comary, em Teresópolis
Ônibus da Seleção Brasileiro chegou rapidamente à Granja Comary, em Teresópolis
Foto: Celso Paiva / Terra

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

Acostumados já com a passagem rápida do ônibus, os torcedores puderam ao menos aproveitar a boa temperatura na região serrana para enxergar os jogadores pelo vidro do veículo. "O Hulk acenou para mim", "acho que vi o Neymar", gritavam alguns fãs que fizeram plantão desde cedo no local.

Torcida apoia Neymar na chegada da Seleção à Granja Comary

Em cenário oposto dos outros dias, onde eram possível ver faixas até de pedido de namoro a David Luiz e de aperto do bumbum de Hulk, apenas uma torcedora mirim carregava um cartaz com os dizeres: "Neymar, você é demais. Eu te amo. Manuela", além de um pedido por um autógrafo do camisa 10.

Mesmo com a rapidez que passou o ônibus, a torcedora mirim ficou feliz com um aceno do craque e disse que espera que o técnico Luiz Felipe Scolari seja maleável e libere o treino da tarde para a pequena torcida, o que dificilmente ocorrerá. Mesmo sabendo deste obstáculo, a torcedora que estava com mais uns seis integrantes da família permaneceu fazendo plantão no local debaixo do sol forte em Teresópolis.

<p>Jovem Manuela foi recepcionar Neymar na Granja Comary com uma faixa mostrando amor pelo atleta</p>
Jovem Manuela foi recepcionar Neymar na Granja Comary com uma faixa mostrando amor pelo atleta
Foto: Celso Paiva / Terra

O ídolo de Manuela é quem mais traz preocupação neste retorno de atividades da Seleção Brasileira. Neymar ainda sofre com inchaço na coxa direita causado por uma pancada que levou no duelo diante do Chile, no último sábado. De acordo com o programa Fantástico, da TV Globo, o atacante começou a fazer tratamento na noite de sábado e continuou ao longo do domingo, usando uma bolsa térmica até para dormir.

O técnico Felipão já mostrava uma preocupação com o desempenho de Neymar nos treinamentos antes da partida diante da Colômbia, que acontece na próxima sexta-feira, na Arena Castelão. "A coxa do Neymar está deste tamanho. Provavelmente vai ter um inchaço grande nos próximos dias e pode ser um problema grande para outra partida. Não consigo entender. As pessoas dizem que o Neymar cai o tempo todo. Mas ele tem de ser valorizado hoje por ter atuado a maior parte do jogo com um problema grande na coxa, de uma pancada forte que ele levou logo no início da partida".

Pequeno tumulto após passagem de ônibus

<p>Carro aproveita passagem do ônibus da Seleção e tenta burlar segurança, causando tumulto na porta do condomínio na Granja Comary</p>
Carro aproveita passagem do ônibus da Seleção e tenta burlar segurança, causando tumulto na porta do condomínio na Granja Comary
Foto: Celso Paiva / Terra

Minutos depois da passagem do ônibus da Seleção Brasileira em direção ao hotel onde os jogadores ficam hospedados, dentro do centro de treinamento, um carro aproveitou a preocupação de policiais com a chegada dos jogadores brasileiros e acabou passando por uma das últimas barreira em direção ao condomínio. 

A entrada do automóvel gerou correria por parte dos seguranças e policiais, que abordaram ele quase no portão de entrada da Granja Comary. Indagado para onde estava indo, o condutor do veículo tentou convencer os seguranças de que iria visitar um amigo. Sem o contato do tal amigo, ele foi obrigado a fazer o retorno e deixar o local. A discussão de alguns minutos causou transtorno para os moradores da casa que cercam o CT da Seleção, que não conseguiam entrar no local porque o carro barrava a passagem.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade