1 evento ao vivo
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

Brasil retira candidatura à sede da Copa do Mundo Feminina de 2023

8 jun 2020
19h11
atualizado às 19h11
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Confederação Brasileira de Futebol retirou a candidatura à sede da Copa do Mundo Feminina de 2023 (Foto: Divulgação/CBF)
A Confederação Brasileira de Futebol retirou a candidatura à sede da Copa do Mundo Feminina de 2023 (Foto: Divulgação/CBF)
Foto: Gazeta Esportiva

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta segunda-feira que retirou a candidatura do Brasil à sede da Copa do Mundo Feminina de 2023. A decisão foi divulgada através de uma nota oficial no site da entidade.

Segundo a CBF, uma combinação de fatores resultou na retirada candidatura. Primeiro, uma análise da Fifa sobre a documentação da candidatura brasileira considerou que não foram apresentadas as garantias do Governo Federal e documentos de terceiras partes envolvidas para a realização do evento.

Já o Governo Federal, elaborou uma carta de apoio institucional na qual garantiu que o país está absolutamente apto a receber o evento do ponto de vista estrutural, mas ressaltou que, por conta do atual cenário econômico e fiscal, não seria recomendável a assinatura das garantias solicitadas pela Fifa.

A CBF reiterou que compreende a necessidade da Fifa de obter tais garantias e a posição de cautela do Governo brasileiro, mas decidiu retirar a candidatura do Brasil à Copa do Mundo Feminina de 2023. A entidade também informou acreditar que o acúmulo de recentes eventos esportivos de grande porte realizados no país poderia não favorecer a candidatura.

Por fim, a CBF disse que apoiará a Colômbia na disputa para a sede da Copa do Mundo Feminina de 2023. A votação que decidirá o palco do grande evento está marcada para o dia 25 de junho.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade