PUBLICIDADE
Logo do Botafogo

Botafogo

Favoritar Time

Botafogo quebra recorde e leva quase 600 mil torcedores como mandante

Torcida do Botafogo brilha no Brasileirão, supera outros anos, mas festa não é suficiente para manter time na briga pelo título

10 dez 2023 - 17h08
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Vitor Silva/Botafogo - Legenda: Torcida do Botafogo deu show com os super mosaicos no Nilton Santos / Jogada10

A reta final de Brasileirão do Botafogo foi péssima em campo, mas a torcida fez sua parte e, com isso, não decepcionou nas arquibancadas. Afinal, pela primeira vez desde o acordo para ter o Estádio Nilton Santos, em 2007, o clube superou a média de público de 20 mil pessoas. E foi por muito, com 26.691. Portanto, fecha a temporada de 2023 com um recorde e quase 600 mil alvinegros nos estádios como mandante.

Nos primeiros três meses, aliás, o time do Botafogo foi nômade e viajou entre Volta Redonda, Brasília e Espírito Santo algumas vezes para disputar o Carioca e o início da Copa do Brasil. Tudo porque o Niltão passava por obras para a instalação do gramado sintético. Dessa forma, caso tivesse a sua casa, os números certamente seriam bem maiores (veja a diferença na lista abaixo).

Em 2011, 2013, 2017 e 2019, o Glorioso teve seus melhores anos em média de público, mas nunca passou de 15 mil pessoas. Já em 2023, contudo, foram dez partidas consecutivas com todos os ingressos vendidos (de julho a novembro). Só mesmo na reta final é que a audiência caiu. Além disso, os shows no estádio do Botafogo contribuíram para a redução de espaço, por conta da montagem das estruturas.

Diretoria do Botafogo agradece torcida

Após o término da competição, o diretor de futebol da SAF, André Mazzuco, reapareceu para dar explicações e, abatido, agradeceu o empenho dos torcedores ao longo da temporada.

"É importante um agradecimento muito especial ao torcedor do Botafogo, que viveu essas emoções conosco, que viveu essa tristeza no final, mas acho que a gente pode ver de novo o brilho de todo torcedor botafoguense lotando os estádios, apoiando, dando o suporte necessário. É importante um time como o Botafogo ter a torcida ao lado. Ano que vem é mais um passo à frente, mais um processo de solidificar, de disputar as competições que a gente vai enfrentar", afirmou.

Com mosaicos especiais, muita fumaça, músicas novas e festa, os botafoguenses de fato deram show e não mereciam o desfecho melancólico do Brasileiro. De 100% de aproveitamento, a equipe não conseguiu mais vencer nos últimos oito jogos como mandante, passando, aliás, por três treinadores: o português Bruno Lage, Luciio Flavio e Tiago Nunes, que segue para 2024.

Públicos dos jogos do Botafogo no Niltão:

0 x 1 Audax (Carioca) - 4.327* presentes

2×1 São Paulo (Brasileiro) - 11.708

4×0 César Vallejo (Sul-Americana) - 19.486

2×0 Ypiranga-RS (Copa do Brasil) - 11.088

0x0 LDU (Sul-Americana) - 25.018

2×0 Atlético-MG (Brasileiro) - 18.218

3×0 Corinthians (Brasileiro) - 22.388

1×0 Fluminense (Brasileiro) - 24.732

2×0 América-MG (Brasileiro) - 23.708

1×0 Athletico-PR (Copa do Brasil) - 37.682

2×0 Fortaleza (Brasileiro) - 19.594

1×1 Magallanes (Sul-Americana) - 27.504

2×0 Vasco (Brasileiro) - 38.798

2×0 Red Bull Bragantino (Brasileiro) - 37.036

1×1 Patronato (Sul-Americana) - 20.509

4×1 Coritiba (Brasileiro) - 43.071

2×1 Guaraní-PAR (Sul-Americana) - 23.916

3×1 Internacional (Brasileiro) - 39.598

1×1 Defensa y Justicia (Sul-Americana) - 25.255

3×0 Bahia (Brasileiro) - 39.610

1×2 Flamengo (Brasileiro) - 40.769

1×1 Goiás (Brasileiro) - 34.249

1×1 Athletico-PR (Brasileiro) - 36.908

0 x 1 Cuiabá (Brasileiro) - 30.659

3×4 Palmeiras (Brasileiro) - 34.913

1×1 Santos (Brasileiro) - 29.387

0 x 0 Cruzeiro - 15.642

Jogos como mandante fora do Niltão:

0 x 0 Nova Iguaçu (Carioca) - Luso Brasileiro - 1.814 presentes

2 x 0 Madureira (Carioca) - Luso Brasileiro - Não divulgado

2 x 0 Bangu (Carioca) - Luso Brasileiro - Não divulgado

0 x 1 Flamengo (Carioca) - Mané Garrincha, Brasília - 21.374

0 x 1 Portuguesa (Carioca) - Raulino de Oliveira, Volta Redonda - 1.526

5 x 2 Audax (Carioca) - Raulino de Oliveira, Volta Redonda - 1.484

7 x 1 Brasiliense (Copa do Brasil) - Kléber Andrade, Cariacica-ES - 3.869

3 x 4 Grêmio (Brasileirão) - São Januário - 17.708

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Publicidade