PUBLICIDADE

Reggie Jackson: "Eu pensei em me aposentar esse ano"

Aos 31 anos, armador tem sido um dos destaques do Clippers nos playoffs

29 jun 2021 05h35
ver comentários
Publicidade

Destaque do Los Angeles Clippers nos playoffs, o armador Reggie Jackson esteve muito perto de se aposentar antes do início da atual temporada. O excesso de lesões nos últimos anos quase fez com que o jogador desistisse da carreira prematuramente. Entretanto, a chance que o Clippers deu a ele fez com que sua motivação mudasse.

Reggie Jackson
Reggie Jackson
Foto: Adam Pantozzi / AFP / Jumper Brasil

"Eu estava pronto para deixar as quadras. Eu estava pronto para desistir. Eu pensei que eu fosse me aposentar porque eu não conseguia ficar saudável", afirmou Reggie Jackson. "Estava muito difícil me manter saudável, sempre contundido. Isso me frustrava".

Após ser dispensado pelo Detroit Pistons na temporada passada, Jackson assinou com o Clippers até o fim daquela campanha. Mas, mesmo assim, não conseguia mostrar seu valor. Então, antes do início de 2020-21, ele estendeu o contrato por um ano. O apoio de seus colegas foi determinante para ele seguir jogando.

"Eu passei a minha carreira inteira tentando fazer as jogadas certas e, não necessariamente, sendo eu mesmo na hora de jogar", disse. "Mas quanto mais eu continuava sendo eu mesmo, mais esse time fazia de tudo para eu ser eu mesmo. Eu consegui encontrar sucesso aqui".

O técnico Tyronn Lue foi um de seus maiores incentivadores e quem insistiu para que ele pudesse continuar, mesmo sem a promessa de titularidade ou tempo de quadra. Quando o Clippers fez uma troca para receber o experiente Rajon Rondo, esperava-se que seus minutos fossem desaparecer, mas Lue acreditou em seu talento.

"É sobre ser positivo e mostrar a ele o que ele quer", disse Lue. "Uma coisa sobre Reggie, é que ele sempre chega, conversa com todo mundo, aperta a mão de todo mundo. Seja lá quem estiver no ginásio, seja o dono do time, o presidente, o GM, os caras que cuidam dos nossos equipamentos. Ele sempre chega e diz as mesmas coisas todos os dias, sempre pergunta como a pessoa está e deseja a ela um bom dia. É assim que ele é".

Autor de 23 pontos na vitória sobre o Phoenix Suns, na noite de segunda-feira, Jackson possui médias de 18.1 pontos, 3.2 assistências, 3.1 rebotes, além de um aproveitamento de 41.5% nos arremessos de três em 18 jogos disputados nos playoffs.

Jumper Brasil
Publicidade
Publicidade