PUBLICIDADE

Ninguém segura o Suns, agora a duas vitórias do título

Time fez 2 a 0 no Milwaukee Bucks; novo confronto será nesse domingo (11)

9 jul 2021 15h27
ver comentários
Publicidade

Com novo show à parte de seus principais jogadores, o Phoenix Suns obteve a segunda vitória consecutiva sobre o Milwaukee Bucks, nessa quinta (8), abrindo 2 a 0 de vantagem na melhor de sete que decide o título da temporada 2020-21 da NBA. O placar de 118 a 108 refletiu a maior parte do confronto, com a franquia de Chris Paul e Devin Booker apresentando também uma força coletiva que anulou a reação do adversário.

Foto: Mark J. Rebilas-USA TODAY Sports / Reuters

Agora, nesse domingo (11), no Fiserv Forum, em Milwaukee, o Suns pode ficar mais próximo ainda de seu primeiro título de NBA, se derrotar novamente o Bucks. Vai ter a seu favor o aspecto emocional. Um novo revés será um desastre para a equipe de Giannis Antetokounmpo, que, assim, teria que se agarrar a uma virada improvável, reverter um eventual 3 a 0, o que jamais ocorreu numa final de NBA.

Bem que o Bucks tentou dar o troco da primeira derrota e teve em Antetokounmpo, novamente, seu grande destaque. Ele estava centrado, foi o cestinha da partida, com 42 pontos, e também o melhor da sua franquia nos rebotes, com 12 ao todo. Mas faltou com quem dialogasse, uma vez que seus colegas não estavam numa noite tão inspirada, com erros constantes de ataque e defesa.

O Phoenix Suns foi o time de melhor desempenho nos playoffs. Logo de início, não tomou conhecimento do Los Angeles Lakers, de LeBron James e Anthony Davis, campeão da última edição. Depois, passou por cima, com autoridade, do Denver Nuggets, do mvp da temporada Nikola Jokic. Por fim, também não deu nenhuma brecha para o Los Angeles Clippers, de Paul George e companhia.

Fonte: Silvio Alves Barsetti
Publicidade
Publicidade