PUBLICIDADE

Jason Kidd é o novo treinador do Mavericks

Com chegada de novo presidente de operações, equipe de Dallas confirma rumores e fecha contratação de ex-armador para técnico

25 jun 2021 17h32
| atualizado em 27/6/2021 às 21h23
ver comentários
Publicidade

O Dallas Mavericks já tem um novo treinador: a franquia confirmou as expectativas e finalizou a contratação de Jason Kidd para o cargo. De acordo com Tim MacMahon, da ESPN, as partes chegaram a um acordo nessa sexta-feira e encerraram em "final feliz" uma negociação que se estendia pelos últimos dias. Além do novo comandante, o time texano também acertou a chegada de Nico Harrison para comandar as operações de basquete da organização.

Jason Kidd
Jason Kidd
Foto: Andrew D. Bernstein / AFP / Jumper Brasil

O ex-armador atuava como assistente de Frank Vogel, no Los Angeles Lakers, e foi o único candidato realmente analisado pela equipe de Dallas. Harrison é um amigo do integrante do Hall da Fama e, assim que sugeriu o nome, viu uma enorme corrente interna defender a contratação. O ídolo Dirk Nowitzki, por exemplo, teria sido um defensor do acordo. Ambos jogaram juntos na conquista do único título da história do Mavericks, em 2011.

A chegada de Kidd também teve o apoio do seu antecessor no cargo, Rick Carlisle, que deixou a franquia indicando publicamente o ex-astro para dar sequência ao seu trabalho. "Minha esperança é que Jason seja o próximo técnico porque sinto que tem muita coisa em comum com Luka Doncic. Sou a única pessoa do planeta que pude treinar esses dois atletas e acho que seria um grande casamento. Mas é só a minha opinião", disse o novo comandante do Indiana Pacers, à ESPN.

A escolha do ex-jogador, no entanto, não deixou muitos torcedores e grande parte da opinião pública satisfeita: ele tem um histórico de violência doméstica contra mulheres e, para várias pessoas, o Mavs passa uma imagem condescendente ao contratá-lo. Tal decisão é especialmente contestável para uma franquia que ainda lida com os reflexos de um escândalo recente de sexismo dentro da organização, alvo de investigação da direção da NBA.

Harrison, por sua vez, foi um "achado" do Mavericks: o executivo, que tem décadas de experiência como alto dirigente da Nike, possui fortes conexões com o meio da NBA e tornou-se amigo próximo de Doncic nos últimos anos. MacMahon apurou que ele havia recebido inúmeras propostas de equipes da liga, mas essa é a primeira vez que sentiu-se atraído por um projeto. O ex-jogador Michael Finley deverá seguir na organização como vice-presidente de operações.

Especula-se que Kidd já esteja trabalhando na formação de sua comissão técnica e um dos nomes que podem auxiliá-lo é outro campeão da NBA em Dallas: o armador J.J. Barea, que deixou o time antes do início da atual temporada. O profissional de 48 anos possui cinco temporadas de experiência como técnico na liga, com o Brooklyn Nets e Milwaukee Bucks, registrando recorde de 183 vitórias e 190 derrotas nos cargos.

Jumper Brasil
Publicidade
Publicidade