PUBLICIDADE

Jalen Rose: "Durant é o campeão do povo nesses playoffs"

Com grandes atuações nos playoffs, ex-jogador e analista acredita Durant reestabeleceu imagem e sai como "campeão do povo" na NBA

28 jun 2021 10h35
| atualizado em 29/6/2021 às 18h50
ver comentários
Publicidade

O Brooklyn Nets já foi eliminado da temporada, mas não existem dúvidas de que Kevin Durant deixou a sua marca nos playoffs. O ala protagonizou algumas das atuações mais impressionantes da pós-temporada e, mesmo com os desfalques de Kyrie Irving e James Harden, quase liderou os nova-iorquinos a superarem o Milwaukee Bucks na semifinal do Leste. Por isso, não importa o que aconteça daqui em diante, o ex-atleta e analista Jalen Rose acredita que Durant será visto como o "campeão do povo" desses playoffs.

Kevin Durant, ala do Nets
Kevin Durant, ala do Nets
Foto: AFP / Jumper Brasil

"A única crítica que você pode fazer a Kevin é que ele não alavancou, quase sozinho, sua equipe às finais do Leste. Ele teve performances extraordinárias na série contra o Bucks e, independentemente de quem ganhe o título da temporada, é o campeão do povo nos playoffs desse ano. E isso porque conseguiu reestabelecer-se como uma força ofensiva imparável da liga", elogiou o hoje comentarista da ESPN, em participação no programa de televisão "Get Up".

O comentário de Rose foi motivado pelas recentes palavras do lendário Scottie Pippen sobre Durant, uma crítica pela forma como o jogador não conseguiu comandar o Nets a classificação diante do Bucks comparado aos títulos de LeBron James. O astro rebateu ressaltando alguns episódios da carreira do ídolo do Chicago Bulls, reconhecido como o "escudeiro" de Michael Jordan. O analista não concorda com o membro do Hall da Fama, mas lamenta a forma como ele é visto pelas novas gerações.

"Para ser sincero, como alguém que cresceu assistindo aos jogos de Scottie, eu sempre me senti mal pela forma como era retratado pelas pessoas. Todas as vezes em que foi chamado de "Robin", isso veio como uma crítica ou um menosprezo. É um dos grandes jogadores mais desrespeitados da história da NBA. Até hoje, mesmo após o "The Last Dance", ele continua a não receber o respeito que merece", refletiu o ex-jogador de 48 anos, que atuou na liga ao mesmo tempo que a lenda por dez anos.

Durant, de fato, teve um desempenho acima de quaisquer contestações nos playoffs: foram 34.3 pontos (com 40.2% de aproveitamento nos arremessos de longa distância), 9.3 rebotes, 4.4 assistências, 1.6 tocos e 1.5 roubos de bola. O mais impressionante é que esse rendimento aconteceu após ficar longe das quadras por mais de um ano, em decorrência de uma ruptura do tendão de Aquiles. O atleta de 32 anos já conquistou dois títulos da NBA na carreira, pelo Golden State Warriors (2017 e 2018).

Jumper Brasil
Publicidade
Publicidade