PUBLICIDADE

Doncic estaria irritado com conduta extraquadra de Porzingis

Flagrante do ala-pivô letão em boate durante os playoffs teria feito prodígio esloveno manifestar frustração nos bastidores do Mavericks

29 jun 2021 15h50
| atualizado em 30/6/2021 às 17h59
ver comentários
Publicidade

Os bastidores do Dallas Mavericks estão em ebulição e, aparentemente, Luka Doncic ficou muito irritado com Kristaps Porzingis durante os playoffs. A razão vai além do pífio desempenho do ala-pivô letão na série contra o Los Angeles Clippers. De acordo com Mike Fisher, da revista Sports Illustrated, o jovem astro teria mostrado revolta internamente com o comportamento extraquadra do colega de elenco na disputa do mata-mata, que transpareceu falta de comprometimento.

Luka Doncic e Kristaps Porzingis, atletas do Mavericks
Luka Doncic e Kristaps Porzingis, atletas do Mavericks
Foto: AFP / Jumper Brasil

O gigante europeu tornou-se notícia ao ser flagrado em uma boate de entretenimento adulto de Los Angeles após uma das derrotas da equipe texana no duelo quartas-de-final do Oeste. A franquia "abafou" a situação e tratou-a como um incidente de menor gravidade, mas, no dia-a-dia do time, o prodígio esloveno considerou uma afronta. A ação foi uma violação do protocolo de saúde e segurança da liga e acabou punido com multa de US$50 mil.

O episódio intensificou o mal-estar cada vez mais evidente entre o irritado Doncic e o descontente Porzingis no Mavericks, que seria descrito internamente como "falta de entrosamento interpessoal". A conduta extraquadra do letão estaria se revelando um motivo de crescente incômodo para múltiplas pessoas dentro da organização, mas, enquanto isso, o ala-pivô acredita estar sendo "sabotado" pela forma como o colega monopoliza posses de bola e o ataque de Dallas.

As recentes mudanças no comando técnico e gerencial da franquia seriam a tentativa do dono do time, Mark Cuban, aliviar a tensão e aparar as "arestas" existentes no elenco e corpo diretivo. Especificamente sobre o problema entre os dois atletas, no entanto, tais movimentação não tendem a ter efeito: a saída do técnico Rick Carlisle e contratação de Nico Harrison como gerente-geral foram percebidas como decisões claramente no sentido de agradar Doncic.

O próprio Cuban, ao longo da temporada, admitiu que Doncic e Porzingis possuem as suas "diferenças" e comparou-as aos (tímidos e rápidos) problemas vividos entre Dirk Nowitzki e Jason Terry no time campeão da NBA de 2011. Uma resolução "amigável", porém, soa cada vez mais difícil. Especula-se que o Mavericks, inclusive, tenha algum nível de interesse em negociar o ala-pivô letão e vai fazê-lo se encontrar alguém disposto a arcar com seus US$100 milhões em salários nas próximas três temporadas.

You have already voted for this poll.

Jumper Brasil
Publicidade
Publicidade