0

Kanaan indica passagem longa pela Stock Car: "Ou não faria esse sacrifício"

Tony Kanaan diz que imagina continuando a longa carreira no Brasil, agora que tem acerto com a Stock Car para 2021. Segundo o piloto, o plano é se sentir bem e, aí, pensar em alongar a permanência

23 fev 2021
04h47
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Tony Kanaan vai correr em 2021 pela Full Time. ao lado do amigo Rubens Barrichello
Tony Kanaan vai correr em 2021 pela Full Time. ao lado do amigo Rubens Barrichello
Foto: Duda Bairros/Full Time Sports / Grande Prêmio

Aos 45 anos, completados em dezembro último, Tony Kanaan não dá o menor indício de aposentadoria. Pelo contrário: não só assinou por dois anos com a Ganassi na Indy, como no último domingo (21) anunciou que vai correr a temporada 2021 da Stock Car de forma completa.

Por isso, o GRANDE PRÊMIO questionou o piloto na última segunda-feira, em entrevista coletiva, se a vinda ao Brasil faz parte de um planejamento para o futuro. E a resposta foi positiva.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O novo carro de Tony Kanaan na Stock Car 2021 (Foto: Duda Bairros/Full Time Sports)

"Não é segredo que eu tenho um contrato para correr de Indy, pelos próximos dois anos, mas menos provas, e foi isso que viabilizou minha vinda para cá. Mas eu não faria esse sacrifício todo, nem o Maurício [Ferreira, chefe da Full Time], nem a Texaco, se a gente não pensasse que vai ser uma parceria longa", disse.

"Eu não estou disposto a sair dos Estados Unidos (onde mora) 10 vezes por ano, principalmente com a pandemia, que está cada vez mis difícil de viajar, só para dizer 'eu estava afim de correr de Stock Car'. Eu estou 100% focado em fazer isso funcionar", seguiu Kanaan.

"Então, sim, eu me vejo correndo no Brasil nos próximos anos. Claro, vai depender de muita coisa, primeiramente meu aprendizado com esse carro, meu aprendizado com a categoria, que são coisas que vou ter de lutar bastante, principalmente pela falta de treinos no regulamento. Mas a resposta é que não viria para cá se não estivesse investindo nos próximos anos", completou.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:

Neste primeiro ano, Kanaan de fato precisa vir ao país 10 vezes: a Stock Car disputa 12 etapas divididas em 10 eventos, com dois recebendo duas provas - uma no sábado, outra no domingo -, mas sem palcos confirmados.

O início da temporada ocorre em 28 de março, no Velopark, com transmissão da Band em TV aberta, além do SporTV 2 entre os canais fechados.

Veja também:

Os segredos da Red Bull para bater a Mercedes
Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade