PUBLICIDADE

Verstappen se nega a participar de 'Drive to Survive': "Fingem rivalidades que não existem"

Max Verstappen revelou que não quer participar das gravações de 'Drive to Survive', série que tornou a Fórmula 1 muito popular, por exemplo, nos Estados Unidos

21 out 2021 12h48
| atualizado às 13h12
ver comentários
Publicidade
Max Verstappen se recusa a participar novamente de ‘Drive to Survive’
Max Verstappen se recusa a participar novamente de ‘Drive to Survive’
Foto: AFP / Grande Prêmio

VERSTAPPEN 'COMPRA' NAMORADA. F1 DETERMINA DRESS CODE. MULHER SENDO TRATADA ASSIM? | TT GP #35

Max Verstappen abriu o fim de semana do GP dos Estados Unidos de Fórmula 1 com uma decisão que promete dar o que falar. O holandês, líder do Mundial de Pilotos com seis corridas para o desfecho da temporada 2021, revelou que não vai mais participar das gravações da série 'Drive to Survive', produzida pela Netflix e que traz bastidores da F1. A atração, que vai para seu quarto ano em 2022, proporcionou à categoria angariar uma nova geração de fãs, muitos deles justamente nos Estados Unidos.

Em entrevista à agência de notícias Associated Press, o piloto da Red Bull disse que tomou a decisão porque a série "falsificaria um monte de coisas" sobre, principalmente, os bastidores da sua batalha contra Lewis Hamilton pelo título, o ponto alto desta temporada 2021. Os dois travam uma rivalidade marcada também por muitas polêmicas, farpas e acidentes, como nos GPs da Inglaterra e da Itália.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Max Verstappen rejeitou participar novamente de 'Drive to Survive' (Foto: Sedat Suna/Red Bull Content Pool/Getty Images)

"Entendo que isso precisa ser feito para aumentar a popularidade [da Fórmula 1] nos Estados Unidos. Mas, da minha parte, enquanto piloto, não gosto de fazer parte disso", disparou.

"Eles fingiram algumas rivalidades que realmente não existem. Por isso, decidi não fazer parte e não dei mais entrevistas depois disso, porque aí não tem nada que você possa mostrar", comentou Verstappen.

"Não sou realmente o tipo de pessoa que faz espetáculos dramáticos, só quero que fatos e coisas reais aconteçam", acrescentou.

A popular série 'Drive to Survive' aborda detalhes que passam à margem das transmissões num fim de semana normal de Fórmula 1 e procura retratar as entranhas dos bastidores. Guenther Steiner, por exemplo, foi um dos protagonistas da atração ao ser retratado como o caricato chefe da Haas e pela forma como lidou com Kevin Magnussen e, especialmente, Romain Grosjean nos últimos anos.

Outro ponto que chamou a atenção em um dos episódios da segunda temporada foi a 'criação' de uma rivalidade entre Carlos Sainz e Daniel Ricciardo para basear a construção de uma das histórias desenvolvidas na série.

Verstappen queixou-se justamente da forma como muitas histórias são contadas no desenrolar das temporadas de 'Drive to Survive'.

"O problema é que eles sempre vão te posicionar da forma que eles querem, então, o que quer que você diga, eles vão tentar fazer você parecer imprudente ou tentar você… o que quer que se encaixe na história da série", criticou.

"Então, nunca gostei muito disso. Prefiro ter apenas uma entrevista individual com a pessoa que gostaria de me conhecer", complementou.

A Fórmula 1 acelera com o GP dos Estados Unidos neste fim de semana, entre sexta-feira e domingo, no Circuito das Américas. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

OS 30 ANOS DO ÚLTIMO TÍTULO DE AYRTON SENNA NA FÓRMULA 1 | GIRO BR #31

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade