3 eventos ao vivo

Organização do GP da Turquia anuncia venda de 40 mil ingressos em seis horas

A Turquia retorna para a Fórmula 1 em 2020 e, para celebrar, abriu a venda de 100 mil ingressos. Em apenas seis horas, os fãs da categoria compraram 40% das entradas disponíveis, mesmo durante a segunda onda de infecções da Covid-19 no país

16 set 2020
15h46
atualizado às 15h49
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
A largada do GP da Turquia de 2010
A largada do GP da Turquia de 2010
Foto: Reprodução / Grande Prêmio

Após nove anos de ausência, o querido autódromo do Istambul Park está de volta ao calendário da Fórmula 1, com uma etapa no dia 15 de novembro. Para celebrar o retorno, os organizadores pretendem disponibilizar quase metade dos assentos no circuito — equivalente a 100 mil espectadores. E, por incrível que pareça, mesmo no meio de uma pandemia, 40 mil ingressos já foram vendidos para o GP da Turquia.

Vural Ak, presidente da empresa promotora do evento, disse que venderia entradas a preços populares de £ 3 por dia — R$ 20 — e que havia uma alta demanda. Hoje, a organização do GP da Turquia confirmou que já tinha 40 mil ingressos vendidos em apenas seis horas.

"Nós estávamos planejando ter capacidade máxima, de 220 mil assentos, sob circunstâncias normais, mas isso não foi possível pela Covid-19. Como você sabe, há uma pandemia, por isso esperamos trazer 100 mil pessoas para o autódromo", afirmou Vural Ak.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Último GP da Turquia aconteceu em 2011, com vitória de Sebastian Vettel (Foto: Reprodução)

Esta não será a primeira corrida com público na atual temporada da Fórmula 1. Após as primeiras oito etapas com portões fechados, alguns espectadores estiveram presentes no GP da Toscana, em Mugello. Há também a expectativa de pessoas presentes nas arquibancadas de Sóchi, na Rússia, e em Ímola, no GP da Emília-Romanha.

De acordo com o Johns Hopkins University, a Turquia tem 294.620 casos confirmados do novo coronavírus e 7.186 mortes. Após a confirmação da corrida na Turquia, Vural Ak foi questionado sobre a presença de público. Na época, o promotor declarou que "se a pandemia estiver pior do que hoje, a corrida será feita sem espectadores".

A possibilidade de grande público nas arquibancadas do autódromo é uma surpresa. O campeonato turco de futebol retornou no dia 11 de setembro sem torcedores após decisão da Federação Turca de Futebol e do Ministério da Saúde local. A explicação, segundo as autoridade, é de que o país está vivenciando a segunda onda de infecções.

Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade